Defesa civil ordena estado de emergência para 12 municípios brasileiros

Foi reconhecido nesta manha de segunda-feira (3) pela Defesa Civil, o pedido de estado de emergência em dez municípios de Minas Gerais, em sete de setembro no Rio Grande do Sul e em São José Cerrito em Santa Catarina. Em Minas o problema é a seca e estiagem, já o Rio Grande do Sul sofre com as chuvas intensas e em Santa Catarina devido a chuvas de granizo.

De acordo com os dados relatados pela portaria da Secretaria Nacional de Proteção a Defesa Civil, publicada no Diário oficial da União, as cidades mineiras que decretaram estado de emergência foram: Bocaiúva, Comercinho, Ibiracatu, Joaquim Felício, Juramento, Malacacheta, Miravânia, Pai Pedro, Piumhi e Rio do Prado.

Foto: divulgação
Foto: divulgação

Está sendo esclarecido que no momento em que o decreto municipal é reconhecido em âmbito Federal, a prefeitura esta capacitada para pedir e receber recursos da União para a recuperação dos danos ou assistência técnica emergencial. Desde o começo do ano foram 200 municípios de Minas com estado de emergência decretado e apoiados pelo Governo Federal.

Segundo duas portarias do Ministério de Integração Nacional, já foram autorizados e destinados R$114 mil para as cidades de Tarauacá (AC) e Ipirá (SC), para a execução de serviços essenciais destinados aos prejudicados por chuvas e enchentes. O prazo determinado é de 180 dias para o cumprimento de obras e afazeres relacionados, todas as prefeituras terão que prestar contas do aproveitamento dos recursos em até 30 dias ao final do prazo de utilização.

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!