Destaques, Plantão Policial

Corpo encontrado carbonizado em Parelhas é de estudante do IFRN, diz Itep

Corpo encontrado carbonizado em Parelhas é de estudante do IFRN Claudimar Jefferson da Silva Melo

O Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) identificou, na noite desta quinta-feira (27), o corpo carbonizado encontrado na última em terça (25), no distrito rural de Parelhas, como sendo o estudante Claudimar Jefferson da Silva Melo, de 17 anos. A confirmação foi realizada por meio do exame de arcada dentária.

O estudante, que cursava Informática no Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), estava desaparecido desde o sábado (22), quando saiu de casa sem informar à família onde iria. Após o desaparecimento, parentes, amigos e a polícia passaram a procurar o jovem por meio de uma campanha nas redes sociais.

A cada dia que passava, a apreensão aumentava sem a falta de notícias do adolescente, até que, os familiares foram comunicados sobre o corpo que foi achado no distrito de Areias, em Parelhas.

A Polícia Civil iniciou as investigações e tem duas linhas de investigação, a primeira que o rapaz tenha sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte), pois a moto do adolescente não foi encontrada; ou que ele foi morto por traficantes.

Nota de pesar

Em nota, o IFRN lamentou o ocorrido. Confira na íntegra:

“É com grande pesar que o Campus Parelhas comunica o LUTO OFICIAL pelo falecimento do aluno Claudimar Jeferson da Silva Melo, do Curso Técnico Integrado em Informática. Em razão disso, decreta-se luto oficial de três dias e todas as aulas e atividades do Campus estão suspensas nesta sexta-feira (28).

O Campus Parelhas presta apoio, solidariedade e força a toda a família e amigos, neste momento de profunda dor.”

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.