Mundo

Cientistas israelenses recriam a ‘cerveja dos faraós’

(ANSA) – Cientistas da Universidade Hebraica de Jerusalém, em Israel, anunciaram que conseguiram recriar uma cerveja semelhante à que os faraós consumiam há cinco mil anos.

De acordo com a revista “Mbio“, o primeiro passo dos pesquisadores foi extrair levedura de jarros antigos feitos de terracota encontrados em sítios arqueológicos, com mais de três e cinco mil anos.

Os pesquisadores informaram que essa foi a primeira vez que a levedura foi utilizada para recriar uma cerveja. A bebida, que possui 6% de teor alcoólico, foi degustada por jornalistas e outros cientistas.

“Quando obtivemos esta cerveja, nos sentamos em volta de uma mesa, bebemos-a e brindamos. Então eu disse, tudo vai ficar bem ou todos estaremos mortos em cinco minutos. Sobrevivemos e estamos aqui para contar esta história”, explicou o pesquisador Aren Maeir.

“A maior surpresa foi descobrir que as colônias de leveduras haviam sobrevivido nos navios de milhares de anos atrás e que elas nos permitiram criar uma cerveja que era como a que os antigos egípcios e filisteus bebiam”, apontou Ronen Hazan, um dos líderes do estudo.

A cerveja era a bebida favorita dos egípcios, ela tinha um significado religioso e de cura, sempre sendo consumida durante as refeições.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!). Fale conosco!

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.