Cientistas desenvolvem substância que é uma alternativa aos antibióticos

A alta resistência das bactérias aos antibióticos causam um sério problema para a humanidade. Pensando nisso, cientistas da Universidade de Berna (Suíça) desenvolveram uma substância que é uma alternativa eficaz aos antibióticos. A substância é uma espécie de isca para bactérias projetadas a partir de nanopartículas artificiais – à base de lípidos –  chamadas lipossomas.

O estudo, publicado na revista ” Nature Biotechnology “, explica que esta isca funciona como um chamariz para as toxinas bacterianas conseguindo atrapalha-las, ‘sequestra-las’ e neutralizá-las por completo. Sem toxinas as bactérias tornam-se inofensivas e podem ser eliminadas pelo próprio sistema imunológico.
“Fizemos uma isca irresistível para as toxinas bacterianas. As toxinas são fatalmente atraídas para os lipossomas, e uma vez que eles estão ligados podem ser facilmente removidos sem perigo pelas células hospedeiras”, explica Eduard Babiychuk, que juntamente com Annette Draeger encabeça o estudo.  A substância foi testada com sucesso em camundongos: pacientes com sepse foram curados após a administração de lipossomas e não precisou de nenhum tratamento adicional com antibiótico.
você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!