EconomiaMundo

China ultrapassa Estados Unidos e agora é a nação mais rica do mundo

País asiático deu salto gigantesco quando se fala em acúmulo de riqueza

Desde o dia 15 de novembro de 2021, e de acordo com os últimos dados analisados ​​no relatório de riqueza global da McKinsey & Co., os Estados Unidos deixaram de ser o país mais rico do mundo, perdendo o primeiro lugar no ranking para a China.

Os números, neste caso, os dados-chave, foram analisados ​​pela consultoria que estuda os balanços de dez diferentes países que, juntos, representam 60% da receita total mundial. A primeira informação que encontraram: “que estamos mais ricos do que nunca”, embora obviamente essa frase ainda seja uma realidade dependendo de qual parte do planeta estamos falando.

O patrimônio líquido global aumentou para US $ 514 trilhões em 2020, de um patrimônio líquido anterior de US $ 156 trilhões em 2000, com a China levando a parte do leão – quase um terço da receita mundial.

Na verdade, a riqueza da China disparou para US $ 120 trilhões, ante os US $ 7 trilhões anteriores em 2000, um crescimento sem precedentes desde seus dias antes de ingressar na Organização Mundial do Comércio, o que acelerou sua ascensão ao poder, segundo explica o relatório.

Por sua vez, os Estados Unidos registraram aumentos moderados nos preços dos imóveis, embora seu patrimônio líquido quase dobrasse no mesmo período, para US $ 90 trilhões.

Mais dados

China e Estados Unidos são as maiores economias do mundo, mas a maior parte da riqueza mundial está nas mãos de 10% das pessoas mais ricas.

O relatório da McKinsey também afirma que 68% do patrimônio líquido global está imobilizado em imóveis, embora também inclua maquinários, infraestrutura, equipamentos e, embora seja uma parcela bem menor, ativos intangíveis como patentes e propriedade intelectual.

É de notar que o relatório não incluiu os ativos financeiros na avaliação da riqueza global, uma vez que são comparados com os passivos. Por exemplo, títulos corporativos detidos por um investidor específico ainda são comparáveis ​​a um “débito” dessa empresa.

De qualquer forma, o forte aumento do patrimônio líquido nas últimas duas décadas ultrapassou o aumento do produto interno bruto (PIB) global, em grande parte graças ao aumento dos preços dos imóveis, que, segundo o relatório, é resultado da queda nas taxas de juros .

Finalmente, e para nos dar uma ideia, a corrida da China ao topo da classificação contribuiu com quase um terço do aumento total da riqueza mundial, que passou de US $ 156 trilhões para US $ 514 trilhões no mesmo período de tempo.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo