Capoeira como ferramenta de apoio pedagógico nas escolas

outubro 18, 2020 0 Por Rafael Nicácio
Capoeira como ferramenta de apoio pedagógico nas escolas

A capoeira nasce no Brasil, por volta do século XVI, das mãos e pés dos negros escravizados como uma forma de proteção contra as violências que sofriam. Durante muitos séculos ela serve apenas de instrumento de defesa, passando, a partir do século XX, a ser uma arte marcial através das modificações colocadas por Mestre Pastinha e Mestre Bimba. É também no século XX que a capoeira passa a ser difundida mundialmente. Em 2014 a Unesco reconhece a roda de capoeira como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

Com o passar dos anos, cada vez mais a capoeira foi sendo vista como uma importante ferramenta de apoio pedagógico. Dessa forma, a luta de resistência passou a ser integrada ao planejamento pedagógico das instituições de ensino.

Benefícios da capoeira para as crianças

Os elementos próprios da capoeira como o gingado, a gestualidade e a musicalidade proporcionam evoluir nas crianças a percepção, criatividade, elasticidade corporal além proporcionar a harmonia entre corpo e mente, através, por exemplo, do gingado da capoeira seguindo as batidas dos instrumentos.

O senso de direção também é melhorado, uma vez que, para executar os golpes, é necessário treinar o campo de visão e a profundidade do movimento. É também incentivado a melhora na disciplina e a autoconfiança.

Além de excelente atividade física, a capoeira também é um agente de inclusão. Crianças com deficiências visuais intelectuais participam das aulas junto com as demais crianças. É utilizando o toque de mãos ou o abraço como percepção do movimento com outras crianças, criando interação e troca de experiências.

Capoeira nas escolas de educação infantil

Como vimos, os benefícios da capoeira para as crianças incluem a estimulação de aptidões físicas, desenvolvimento da gestualidade, melhora da capacidade de expressão e socialização, aumento da criatividade, além de aguçar o gosto das crianças pelo estudo da história e musicalização.

No ano de 2003 a Lei nº 10.639 – artigo 26 A – coloca como obrigatório o ensino da história afro-brasileira em todos os currículos escolares e a capoeira compreende toda essa grade, pois em seu universo histórico está o ensino sobre povos de África, instrumentos característicos, personagens históricos e toda uma riqueza cultural afro-brasileira.

Você pode encontrar diversas instituições de ensino que incluem o ensino da capoeira em suas atividades extracurriculares e são parceiras do Educa Mais Brasil. O programa de inclusão educacional disponibiliza 50% de desconto nas mensalidades da escola. Entre a instituição ideal e faça a sua inscrição gratuita.

Clique aqui e encontre bolsas de estudos para escolas.