Destaques, Natal

Campanha contra Influenza deve imunizar mais de 210 mil pessoas em Natal

vacina contra Influenza em natal

Foi iniciada na segunda-feira a 20ª Campanha Nacional contra a Influenza, realizada em Natal por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O combate é feito através da vacina, que é disponibilizada para aquelas pessoas classificadas nos grupos de risco e prioritários: estes grupos são compostos por pessoas com maiores chances de complicações, caso acometidas com a doença.

Os integrantes dos grupos de risco e prioritário são: gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), idosos, crianças entre 6 meses e menos de 5 anos, trabalhadores da saúde, indígenas, professores, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições especiais.

No caso dos integrantes do último grupo, é preciso apresentar uma prescrição médica comprovando a situação para receber a vacina. No caso de professores e trabalhadores da saúde, também é preciso levar algum comprovante de vínculo com as instituições de trabalho.

A campanha irá durar até 1º de junho, tendo o dia 12 de maio, sábado, como dia D. Nesta data, todas as unidades de saúde estarão abertas para atender aqueles que não podem ir se vacinar durante a semana. A meta para 2018 é vacinar pelo menos 90% dos grupos elegíveis para a vacinação, cerca de 212.113 pessoas. Ao todo, são cerca de 70 salas de vacinas abertas no município.

vacina gripe

Vacinação contra a gripe (Marcello Casal Jr/Arquivo Agência Brasil)

A diretora do Departamento em Vigilância em Saúde, Juliana Araújo, lembra que a vacina imuniza contra três sorotipos: H1N1, H3N2 e a Influenza B – os que mais tendem a circular e que podem causar os mesmos sintomas. “É a mesma gripe. Todos os vírus causam a mesma sintomatologia, podendo ser grave ou não. A vacina vai imunizar contra os três sorotipos principais”.

A influenza sazonal, comumente conhecida como gripe, é uma infecção viral que causa sintomas como febre alta, dor de cabeça, dor de garganta, dor no corpo, coriza e tosse seca. A sua incidência cresce consideravelmente nas estações climáticas mais frias, por isso a campanha de vacinação ocorre antes do período de inverno.

Além da vacinação, outros cuidados que devem ser tomados são: lavar as mãos durante o dia, cobrir o rosto com lenço descartável quando tossir ou espirrar, evitar grandes aglomerações de pessoas e não compartilhar objetos pessoais.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.