DestaquesPolítica

Cada parlamentar brasileiro custa em média US$ 5 milhões por ano

Brasil também lidera a lista dos países que mais gastam dinheiro público com campanhas eleitorais e partidos

O Brasil é o país que possui o maior gasto anual de dinheiro público com campanhas eleitorais e partidos do mundo. No total, são gastos mais de U$789 milhões por ano. Algo surreal em um país com alto índice de desemprego, inflação e pessoas passando fome.

Infelizmente, esse dado alarmante foi revelado num estudo divulgado pela plataforma CupomValido.com.br com dados do IMPA, World Bank e TSE.

O gasto no Brasil é tão grande, que chega a ser mais que 2.5 vezes o valor do segundo colocado, o México, com U$307 milhões por ano.

Brasil é o 2º país com mais partidos políticos

Com um total de 32 partidos políticos, o Brasil é o 2º país que mais possui partidos. O país fica atrás somente da Índia, que possui um total de 36 partidos.

Os países da América Latina também possuem uma quantidade relativamente alta de partidos políticos. A Argentina possui 19 partidos, e o Chile 16.

Ao comparar com os países desenvolvidos, a grande maioria possui uma quantidade significativamente menor que o Brasil: Itália (15), Suíça (11), Reino Unido (11), Portugal (10), França (9), Alemanha (6), Japão (6), Estados Unidos (2).

Cada parlamentar brasileiro custa US$ 5 milhões por ano

Além do Brasil estar em 1ª posição no ranking de gasto anual, estar em 2ª posição com a maior quantidade de partidos, o país lidera um terceiro ranking – é o país que mais gasta com parlamentares. Cada parlamentar brasileiro custa US$ 5 milhões por ano.

A pesquisa dividiu o custo médio por parlamentar, pela renda média de cada país, e chegou à conclusão de que no Brasil, o gasto por parlamentar é 528 vezes maior que a renda média da população.

O número é mais que 2 vezes maior que o gasto do segundo colocado – a Argentina, com um gasto de 228 vezes em relação à renda média.

Os países com os menores gastos, são Luxemburgo e Suíça, ambas com um gasto de 6 vezes a renda média.

Maiores gastos das campanhas

Os maiores gastos com as campanhas eleitorais estão relacionados à publicidade por materiais impressos, que representam 20,9% do total das despesas.

A produção de programas (de rádio, televisão ou vídeo), está em segundo lugar, com 8,8%.

Em terceiro lugar, com 8,6% das despesas, está o custo com atividades de militância e mobilização de rua.

Nesta terça-feira (10/05), o Senado aprovou o Projeto de Lei (PL) 4.059/2021, que muda o limite de gastos com propaganda do governo em anos eleitorais. O texto propõe a mudança na forma de cálculo para determinar quanto os governos federal, estaduais e municipais podem gastar com publicidade no primeiro semestre de anos eleitorais.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.