Brasil

Bolsonaro desiste de participar de evento em Nova York

Em nova polêmica Jair Bolsonaro usa fake news contra imprensa

(ANSA) – O presidente Jair Bolsonaro cancelou nesta sexta-feira (3) a viagem que faria em maio para Nova York, nos Estados Unidos, para receber um prêmio da Câmara de Comércio Brasil-EUA.

Segundo o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, a decisão foi tomada em função “da resistência e dos ataques deliberados do prefeito de Nova York e da pressão de grupos de interesses sobre as instituições que organizam, patrocinam e acolhem” o evento.

“Ficou caracterizada a ideologização da atividade”, diz uma nota do porta-voz. Bolsonaro foi designado como “personalidade do ano” pela Câmara de Comércio, mas o evento que o homenagearia, previsto para 14 de maio, enfrentava boicotes em Nova York.

Pressionado até pelo prefeito Bill de Blasio, o Museu de História Natural da cidade desistiu de sediar a celebração, enquanto pelo menos três empresas – Delta, Bain & Company e Financial Times – cancelaram contratos de patrocínio.

De Blasio chegou a definir Bolsonaro como um “ser humano muito perigoso” por conta de seu “racismo evidente” e de sua “homofobia”. Além disso, um abaixo-assinado contra a visita do presidente a Nova York promovido pelo senador democrata Brad Holyman recebeu o apoio de mais de 60 mil pessoas.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.