Bancários entrarão em greve na próxima segunda-feira

Bancários entrarão em greve na próxima segunda-feira

fevereiro 17, 2018 0 Por Rafael Nicácio

Os bancários de todo o País decidiram aderir à paralisação da próxima segunda-feira, dia 19, em protesto contra as reformas da Previdência e Trabalhistas propostas pelo governo de Michel Temer.

De acordo com o sindicato, 88% dos bancários votaram pela paralisação das atividades e serviços em todo o Brasil. A votação foi feita durante assembleias realizadas nos dias 8, 9, 14 e 15 em agências e centros administrativos dos bancos.

Em Natal, a previsão é que as categorias façam Atos específicos pela manhã e, à tarde, todos se reúnam em frente ao INSS da rua Apodi (Centro) para um Ato Público unificado que deverá passar pelo IPERN e finalizar na praça dos três poderes na Cidade Alta.

Protestos

A mobilização está sendo chamada por várias Centrais Sindicais, entre elas a CSP Conlutas, CUT, Força Sindical, CSB, CTB, Nova Central, UGT e Intersindical que reafirmam iniciativas que já vinham sendo executadas desde dezembro passado.

O Sindicato dos Bancários entende que o Dia Nacional de Luta é mais uma mobilização para a construção de uma nova Greve Geral no país, como “forma de derrotar de vez os ataques do Governo”.

Reforma

Sem votos necessários para aprovar a Reforma da Previdência, o Governo adiou do dia 20 para 28 de fevereiro a data limite para aprovação da proposta no plenário da Câmara dos Deputados. Segundo o líder do Governo na Câmara, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), a matéria começa a ser discutida no dia 19, mas a ideia é trabalhar até o fim do mês na tentativa de construir uma maioria a favor da proposta. Aguinaldo anunciou o novo prazo ao lado do relator, deputado Arthur Maia (PPS-BA), que apresentou o texto final da Reforma, sem grandes alterações, mantendo basicamente as mudanças negociadas com a base do Governo em dezembro – antes do recesso parlamentar.

Esta notícia foi interessante para você? Compartilhe com seus amigos!