‘Baby Shark’ ultrapassa ‘Despacito’ e torna-se o vídeo mais assistido na história do YouTube

‘Baby Shark’ ultrapassa ‘Despacito’ e torna-se o vídeo mais assistido na história do YouTube

novembro 2, 2020 0 Por Rafael Nicácio

A canção infantil ‘Baby Shark‘ alcançou 7,04 bilhões de visualizações e se tornou o vídeo mais assistido na história do YouTube.

Ele foi assistido pela primeira vez na plataforma há mais de quatro anos e se tornou um fenômeno mundial. A canção foi gravada pela cantora coreana-americana Hope Segoine quando ela tinha 10 anos.

O vídeo, que apresenta danças infantis em uma piscina animada cheia de tubarões, foi produzido pela empresa educacional sul-coreana Pinkfong e se tornou viral pela primeira vez na Ásia, depois nos Estados Unidos e em seguida na Europa. Alcançou o sexto lugar na parada de singles do Reino Unido e o número 32 nos Estados Unidos. Agora, acaba de ultrapassar o antigo líder mundial no YouTube, ‘Despacito‘, o single de 2017 das estrelas porto-riquenhas Luis Fonsi e Daddy Yankee.

Em outubro passado ‘Baby Shark’ esteve envolvido indiretamente no meio de um escândalo, quando foi revelado que três agentes da prisão de Oklahoma (EUA) foram acusados ​​de maus-tratos “desumanos” contra vários internos, que foram obrigados a ouvir o single durante longos períodos de tempo. Segundo David Prater, o promotor público, a repetição da música teria causado “estresse emocional excessivo aos prisioneiros”.