B3 teve alta de 13,6% na receita líquida do 2T19

agosto 8, 2019 0 Por Rafael Nicácio
B3 teve alta de 13,6% na receita líquida do 2T19

A B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão (B3SA3) divulgou nesta quinta-feira (8) os resultados do segundo trimestre de 2019 (2T19). A receita total atingiu R$1,6 bilhão, alta de 14% sobre o mesmo período do ano anterior (2T18), enquanto o EBITDA recorrente somou R$999,1 milhões, crescimento de 2,9%. O lucro líquido recorrente da Companhia no 2T19 foi de R$785,4 milhões.

A B3 revisou o orçamento para despesas ajustadas para incluir as despesas da BLK e Portal de Documentos, duas empresas recentemente adquiridas. O orçamento revisado foi definido para a faixa de R$1,06 – R$1,11 bilhão (ante R$1,03 – R$1,08 bilhão do orçamento anterior). As demais projeções anunciadas previamente foram reafirmadas.

Dentre os eventos de destaque no 2T19 está a distribuição de R$57,8 milhões em descontos e rebates como incentivo para corretoras na ampliação da base de investidores individuais na depositária de renda variável (R$14,7 milhões em descontos) e Tesouro Direto (R$43,1 milhões em rebates no 2T19), como parte da estratégia de impulsionamento do mercado de capitais brasileiro.

Destaques operacionais do 2T19

Receita total: totalizou R$1,6 bilhão no 2T19, alta de 14,0% em relação ao 2T18.

Distribuição das Receitas do 2T19 (% da receita total)

Listado: totalizaram R$1.016,8 milhões no trimestre (64,4% do total), 18,2% superiores ao 2T18.

  • Ações e instrumentos de renda variável: R$637,1 milhões (40,3% do total), alta de 25,6% no período.
  • Juros, moedas e mercadorias: R$379,7 milhões (24,0% do total), alta de 7,6% no período.

Balcão: R$218,6 milhões (13,8% do total), queda de 8,5% sobre o 2T18.

Instrumentos de renda fixa: R$131,3 milhões (8,3% do total), queda de 17,1% em relação ao 2T18.

  • Derivativos: R$47,8 milhões (3,0% do total), alta de 8,2% sobre o 2T1.
  • Outros: R$39,5 milhões (2,5% do total), alta de 8,7% sobre o mesmo período do ano anterior.

Infraestrutura para financiamento: R$163,2 milhões (10,3% do total), 35,8% maior que no 2T18.

Tecnologia, dados e serviços: R$181,3 milhões (11,5% do total), 8,7% superior ao mesmo trimestre do ano anterior.

Tecnologia e acesso: R$109,3 milhões (6,9% do total), alta de 6,2% sobre o 2T18.

  • Dados e analytics: R$44,4 milhões (2,8% do total), aumento de 19,7% em relação ao 2T18.
  • Banco: atingiu R$11,5 milhões no 2T19 (0,7% do total), aumento de 45,7% sobre o 2T18.

Receita líquida: alta de 13,6% em relação ao 2T18, atingindo R$1,42 bilhão no 2T19.

O documento com as informações completas sobre os resultados operacionais da B3 para o segundo trimestre de 2019 está disponível no site de RI da B3.