Ciência

Cientistas afirmam ter imitado a evolução natural em um tubo de ensaio

Cientistas do Instituto de Pesquisa Scripps, em San Diego, Califórnia, afirmaram ter simulado a evolução natural em um tubo de ensaio com o intuito de chegar a uma enzima que pode ter sido crucial para a origem da vida na Terra. As informações são do Daily Mail.

A enzima é chamada ribozima, e é feita a partir de ácido ribonucleico (RNA) – uma molécula que já é conhecida como sendo essencial para a criação de formas de vida. A enzima em questão não só revela pistas sobre como a vida pode ter começado, e, posteriormente, evoluiu – a descoberta pode fornecer uma ferramenta para a evolução de moléculas no futuro.

Formas de vida modernas baseados em DNA parecem ter evoluído a partir de um “mundo de RNA” mais simples, em que as moléculas auto-replicadas evoluíram. A enzima recém-criada funciona de uma forma semelhante. Ele entrelaça um fio ‘cópia’ de RNA, usando um filamento de RNA original como uma referência ou ‘modelo’, de acordo com o estudo publicado na revista Nature.

Uma ilustração do hemisfério ocidental no período jurássico adiantado (muito tempo depois de os primeiros organismos evoluíram).

Uma ilustração do hemisfério ocidental no período jurássico adiantado (muito tempo depois de os primeiros organismos evoluíram).

Mas isso não clona uma molécula que é idêntica a si mesma. Em vez disso, ele faz uma imagem espelho de si mesmo – como a mão esquerda à direita. Isso significa que ele pode criar um ‘vínculo’ de forma mais eficiente para desenvolver uma forma de estar. O surgimento de tais enzimas em um mundo RNA primordial – que os novos estudos mostraram foi plausível – pode ter sido a chave para criar as primeiras formas de vida.

“Quando eu começar a dizer às pessoas sobre isso, elas às vezes me pergunta se estamos apenas sugerindo a possibilidade de tal enzima – mas não, nós realmente a fizemos”, disse o professor Gerald Joyce, da universidade ao Daily Mail.

A nova enzima foi criada usando uma técnica chamada evolução de proveta. O professor Joyce e o pesquisador de pós-doutorado Jonathan Sczepanski começaram com uma “sopa” de cerca de um quatrilhão de moléculas de RNA curto. Suas sequências eram essencialmente aleatório e todos eram “destro”. Eles deliberadamente configuraram as moléculas para criar uma “reação de junção” – assim as moléculas destras se juntaram com a esquerda. Eles poderiam, então, ser puxado para fora da solução, e amplificado. Depois de 10 dessas rodadas de seleção-e-amplificação, os pesquisadores tiveram um forte candidato ribozimas. O professor Joyce disse: “Em última análise, o que se quer é transformá-lo solto, no laboratório, é claro, não na natureza, para deixá-lo começar a se replicar e evoluir e ver o que resulta”.

Read More...

Mundo

Membros do governo norte-coreano são fuzilados por assistirem novela

Por ser um país fechado ao resto do mundo, os acontecimentos da Coreia do Norte raramente são divulgados e, quando são, surpreendem à todos. Depois de ser divulgado que, supostamente, os pais estariam comendo os próprios filhos por estarem famintos, novas informações dão conta que membros do governo estariam sendo executados.

Em torno de 50 pessoas, incluindo integrantes do governo e militares, teriam sido executadas publicamente na Coreia do Norte desde o início deste ano. Cerca de 10 membros do Partido dos Trabalhadores da Coreia, liderado por Kim Jong-un foram fuzilados por “crimes contra o Estado”. Dentre as acusações estão o ato de praticar suborno, cometer atos promíscuos e, pasmem, assistir novelas sul-coreanas. As informações são do The Telegraph.

Uma parte dos funcionários mortos eram próximos de Jang Song-thaek, tio de Kim Jong-un, que teria sido preso em dezembro de 2013 e executado posteriormente. De acordo com o jornal, a eliminação contínua de aliados de Jang indica que Kim tem se “livrado” de possíveis fontes de oposição para construir sua própria base de poder.

Algumas pessoas que conseguiram deixar a Coreia do Norte disseram ao Telegraph que no “mercado negro” local já existem versões piratas de programas de televisão sul-coreanos e chineses. O governo de Kim tenta impedir a todo custo que seus cidadãos conheçam a vida fora das fronteiras, mas, de acordo com elas, a proliferação de celulares e mídias eletrônicas estão facilitando a influência estrangeira.

Os detalhes sobre as execuções foram fornecidos pelo Serviço de Inteligência da Coreia do Sul em um relatório entregue ao parlamento na terça-feira. O documento mostra ainda que mais de 200 policiais da artilharia do exército norte-coreano foram rebaixados devido à “pouca precisão” em exercícios de treinamento.

Read More...

Mundo

Alunos são investigados após usar saudação nazista em escola alemã

A saudação nazista, ou saudação de Hitler, muito conhecida na época da Alemanha Nazista como Deutscher Gruß (saudação alemã), é uma variação da saudação romana, adotada pelo Partido Nazista como um sinal da lealdade e culto da personalidade de Adolf Hitler. Ganhou popularidade após à ascensão de Hitler. A saudação consiste em esticar o braço direito no ar com a palma estendida para baixo enquanto se diz as palavras Heil Hitler (“Salve Hitler”).

Na Alemanha uma escola inteira está sendo investigada após os alunos supostamente começarem a se cumprimentar com o famoso bordão “Heil Hitler” e outros slogans nazistas. As informações são do jornal Daily Mail.

Os alunos estavam utilizando saudação nazista e até o famoso bigode de Hitler. Foto: Bild

Os alunos estavam utilizando saudação nazista e até o famoso bigode de Hitler. Foto: Bild

Os pais e as autoridades ficaram horrorizados depois que flagraram alguns dos alunos trocando palavras e slogans nazistas durante todo o dia na escola em mensagens instantâneas com o aplicativo WhatsApp. Fotos de 14 e estudantes de 15 anos de idade em uma escola perto de Leipzig, na Alemanha Oriental mostram eles dando saudações nazistas e usando bigodes Hitler.

Uma das mensagens de um aluno fez uma piada com o Holocausto que dizia: “Por que Hitler se matou? Os judeus lhe enviaram a conta do gás”. Os pais dos alunos da turma estão indignados na sequência dos relatórios, apontando para a improbabilidade de que toda uma classe de adolescentes estariam envolvidos, e que a mídia vem manchando todos os alunos com o mesmo pincel.

Eli Gampel, 54, que tem um filho na classe, disse: “Essas discussões sobre a classe nazista de Landsberg são uma carga de lixo. Eu pensei que era um sonho ruim quando eu abri os jornais e li o artigo”.

Gampel, o ex-chefe da Comunidade Judaica local de Halle, disse que seu filho sofreu assédio de um aluno na escola. “Meu filho me disse que alguém tinha enfiado um adesivo de extrema-direita NPD [Partido Nacional Democrático] em sua jaqueta. Era bem sabido que ele era judeu”. Gampel ainda disse: “Eu fiz uma reclamação formal com a polícia para uma investigação, mas por outro lado seria definitivamente errado simplesmente acusar toda a classe”.

Os alunos estavam trocando mensagens nazista via WhatsApp. Foto: Bild

Os alunos estavam trocando mensagens nazista via WhatsApp. Foto: Bild

Um porta-voz do Ministro de Estado dos assuntos educacionais na Saxónia-Anhalt, disse: “Estou chocado. Se isso for verdade, só pode haver um caminho a seguir aqui: tolerância zero “. As trocas WhatsApp foram entregues à polícia e os procuradores.

Lutz Feudel, diretor da escola, disse que toda a escola tinha ficado chocada com os simpatizantes nazistas que, segundo ele, foram confinados em uma classe. Ele disse que os pais de duas das crianças haviam sido convidados para uma discussão em conjunto com os seus filhos, mas que uma terceira que eles queriam falar estava de férias na Espanha com os pais. Lutz acrescentou que não queria acusar instantaneamente os filhos, dizendo: “Quebrar tabus faz parte do início da vida adulta. Eu não acredito que eles queriam promover ativamente a ideologia neo-nazista “. Qualquer exibição pública de símbolos nazistas, saudações ou frases é um ato estritamente proibido na atual Alemanha, que pode levar de uma primeira sanção de delito até seis meses de prisão.

Read More...

Mundo

Com doença misteriosa, garoto está há um ano sem comer

Há um pouco mais de um ano atrás, Landon Jones parou de comer. Durante a noite, o apetite do garoto de 12 anos de idade, desapareceu sem aviso prévio, horas depois de ter comido uma pizza e uma taça de sorvete. As informações são do Daily Mail.

De acordo com o The Des Moines Register, ao acordar  na manhã de 14 de outubro de 2013 Landon já havia perdido o senso de fome e de sede.

O jovem era energético e gostava de sair em sua bicicleta e brincar no parque com seu irmão e seus amigos, no entanto, ele não consegue mais fazer isso. Ele estava doente e sofreu tonturas em quase todas as 24 horas do dia. Os pais de Landon, Michael e Debbie, já estão desesperados por ajuda, eles ainda não conseguiram descobrir o que há de errado com seu filho.

Após incentivo dos pais, o garote raramente consome uma mordida em um sanduíche e algumas batatas fritas. Foto: Divulgação

Após incentivo dos pais, o garote raramente consome uma mordida em um sanduíche e algumas batatas fritas. Foto: Divulgação

Em sua busca incessante por um diagnóstico correto, a família de Landon já foi em cinco cidades diferentes em todo os EUA. Um pediatra local em Waterloo, Iowa, prescreveu antibióticos, mas o garoto ainda não começou a sentir fome ou sede. Além do pediatra, médicos em Cedar Rapids, Des Moines, e Madison também foram consultados.

Os Institutos Nacionais de Saúde dos EUA estão agora considerando oferecer uma consulta à Landon – eles só examinam o mais raro dos casos a cada ano.

Após seus pais tentarem incentivar ao máximo, o garoto raramente come mais do que um pedaço de sanduíche no almoço junto com algumas batatas fritas. Especialistas da Clínica Mayo, em Rochester acreditam que  este pode ser o primeiro caso deste tipo no mundo.

Especialistas irão tentar inserir um tubo de alimentação para ajuda a nutrir Landon diretamente através de seu estômago. O Sr. Jones disse acreditar que a doença de seu filho está ligada ao hipotálamo no cérebro de Landon, o mau funcionamento.

Agora, os pais de Landon estão apelando para qualquer um que possa ajudá-lo em qualquer lugar do mundo. Se você pode ajudar, entre em contato através do email: hawkeyext@cfu.net

Read More...

Mundo

Foguete da NASA explode após 6 segundos de decolagem

O foguete da NASA, agência espacial americana, explodiu seis segundo após a decolagem no Mid-Atlantic Regional Spaceport em Wallops Island, na Virgínia. Os engenheiros disseram que não houve problemas relatados antes do lançamento, e começaram uma investigação completa. As informações são do Daily Mail.

“Ocorreu um acidente. Perdemos o veículo “, disseram os controladores. A Orbital Sciences Corp tinha agendado o lançamento de seu foguete Antares para hoje às 18:22 horário de Brasília. As condições para o lançamento estavam perfeitas, mas quando deixou a barra de lançamento, o foguete explodiu. As autoridades disseram que não houve vítimas da explosão e o dano foi contido com a instalação de lançamento.

Foguete explodiu seis segundos após seu lançamento. Foto: AP

Foguete explodiu seis segundos após seu lançamento. Foto: AP

“Houve falha no lançamento”, disse o porta-voz da NASA Jay Bolden. Bolden acrescentou: “Havia materiais significativos e danos ao veículo. O controle da missão irá tentar avaliar o que deu errado”.

Funcionários da Nasa estavam trabalhando para proteger a área, e para coletar dados para investigar como a explosão começou. ” A NASA e a Orbital Sciences Corp. estão recolhendo dados sobre o fracasso da Orbital CRS-3 seis segundo após o lançamento”, disse um funcionário da Nasa.

O projeto Antares era o lançamento da Orbital-3 Cygnus, nave espacial não-tripulada, para entregar mais de  5.000 de euros em suprimentos para a Estação Espacial Internacional – incluindo experimentos científicos, hardwares, peças, e as disposições da tripulação – como parte de um acordo de US $ 1.9 bilhões com a NASA.

Read More...