Cultura

Chapeuzinho Vermelho de um jeito que você nunca viu

Imagine uma menina com uma capa vermelha. Qual personagem vem primeiro à sua cabeça? A resposta é um tanto óbvia: Chapeuzinho Vermelho. Agora, já parou para pensar como seria este clássico da literatura se a garota fosse uma adolescente e vivesse na era medieval? Com uma trama envolvente, Mariana Vitória reuniu mitologia com fantasia e criou a surpreendente releitura: Sob a Capa Vermelha, obra do gênero young adult – ou jovens adultos, publicada pela Galera Record.

O livro conta a história de Norina, que inicia uma jornada sombria ao viajar para o outro lado do mundo com o objetivo de salvar a sua mãe Ros. A personagem sempre temeu os “Indomados”, mesmo sem nunca ter saído de casa e visto um deles. Apesar disso, precisará sair em uma missão em busca de sua mãe.

Nor (Norina) terá que se passar por uma princesa que está morta chamada Rhoesemina, garota que dada como desaparecida pela família. A proposta foi feita pela vilã Viira – também chamada de Rainha das Rainhas – que pretende usar essa esperança para o seu bem e encontra na inocência de Nor a peça que faltava para o seu plano. Em troca, a protagonista terá a sua mãe de volta, caso leve a filha de Viira para casar com o príncipe de Gizamyr.

Esta fantasia épica é repleta de intrigas, aventuras, traição e romance. Um prato cheio para os fãs de livros ao estilo de Game of Thrones, inclusive a obra foi comparada ao clássico mundial por se tratar de um romance medieval, com lugares, idiomas, reinos e povos criados pela autora para dar vida ao livro.

“Não podia esquecer as coisas que vira dentro dela, a saudade, o sofrimento e o amor que sentia, tão intenso que machucava. Era verdade que teria preferido uma vida como a dela (…) mas havia aprendido a amar as quatro paredes de casa, de um modo ou de outro, e por isso era grata.” Sob a Capa Vermelha – pag. 128

A forma criativa que Mariana conta a história de Norina e Ros condiz com seu perfil jovem. A escritora conquistou o concurso “Sua história nos dez anos da Galera”, feito em comemoração aos dez anos da Galera Record, da editora Record.

Ficha técnica

  • Título: Sob a Capa Vermelha
  • ISBN: 978-8501115027
  • Editora: Galera Record
  • Formato: 22,6 x 15,2 cm
  • Preço: R$ 41,70/E-book R$ 17,94

Read More...

Cultura

Loucos por novelas precisam saber desse livro

As novelas de época costumam fazer sucesso por carregar uma conexão emocional com o público. O gênero também ganha destaque na literatura. A escritora Aline Galeote convida os noveleiros para apreciar o estilo no meio literário. A sua mais recente obra Promessas de Uma Vida, lançada no Brasil pela Hugin & Munin Editora, tem todos os ingredientes de um folhetim: costumes, tradições, títulos de nobreza, indumentárias.

E claro, uma arrebatadora história de amor indispensável para que o leitor seja sensibilizado e se deixe levar pela trama. Neste quesito, Aline não ficou atrás de nenhuma novela das 18h. A obra traz um mocinho de caráter e uma mocinha forte e decidida, com cenas de romance, sensualidade e um retrato autêntico e detalhista dos costumes da Inglaterra do começo do século 19.

“Lançou um olhar sonhador à entrada do Hyde Park onde a alta sociedade se preparava para iniciar o passeio diário em lustrosas carruagens. Era o horário para ver e ser visto. Veículos grandiosos e luxuosos disputavam a atenção com as damas trajadas na última moda enquanto os pomposos dândis se acotovelavam em seus cavalos.” Promessas de Uma Vida – pág. 124

Damian Montrose e Victoria Ashfield vivem um verdadeiro amor impossível, mas depois de grandes reviravoltas, encerram com o tão esperado: “viveram felizes para sempre”, o desfecho mais que aguardado nos romances de época. A autora não poupa quando a proposta é emocionar: logo no começo da obra, Victoria foge para Londres depois de uma proposta de casamento desastrosa. Torna-se dama de companhia de uma respeitável senhora e viverá um affair com um conde libertino.

Já Damian unirá forças britânicas contra Napoleão em uma tentativa de frustrar os planos de seu pai após a morte prematura de seu irmão e herdeiro. Modificado pelos horrores da guerra, retorna a Londres para assumir o título ao qual tem direito. Ao conhecer Victoria, o mocinho é imediatamente atraído por seus irresistíveis encantos. A trama se desenrola com uma escrita detalhista com uma notória pesquisa histórica da autora.

Aline admite que seu fascínio pela história da humanidade. Seus costumes e tradições fizeram com que enxergasse neste tipo de literatura uma oportunidade para unir duas grandes paixões: a escrita e um mergulho ao passado através das pesquisas históricas. Promessas de Uma Vida é o primeiro título da série Consequências, um conjunto de cinco livros que a escritora pretende lançar nos próximos anos.

Ficha Técnica

  • Título: Promessas de Uma Vida
  • ISBN: 978-85-54814-12-0
  • Editora: Hugin & Munin Editora
  • Altura: 23×16 cm
  • Páginas: 310
  • Preço: R$ 34,90

Onde encontrar o livro: Amazon e no site da editora

Read More...

Destaques, Mundo Pet

Produtos para animais de estimação podem causar alergias em donos e em seus pets, diz estudo

Muitos produtos para animais de estimação são uma fonte oculta de alérgenos em potencial, de acordo com a pesquisa apresentada na Reunião Anual da Associação Britânica de Dermatologistas, em Liverpool, que ocorreu de 2 a 4 de julho de 2019. “Produtos como shampoos e sprays desodorizantes podem expor os animais de estimação e seus donos a ingredientes que seriam banidos em produtos equivalentes para pessoas. Isso levou a preocupações de que esses produtos tenham o potencial de causar novas alergias ou desencadear novas alergias”, diz a dermatologista Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

Os pesquisadores do Royal United Hospital pesquisaram 62 produtos cosméticos destinados a cães, dos quais 27 foram classificados como “leave-on”, o que significa que eles não são lavados após o uso, e 35 foram classificados como “enxágue”, o que significa que eles são lavados após o uso. Dos produtos sem enxágue, 26% continham os conservantes metilisotiazolinona (MI) e/ou metilcloroisotiazolinona (MCI), enquanto os ingredientes apareciam em 51% dos produtos de enxágue. As regulamentações da União Europeia proíbem a utilização desses ingredientes em produtos que não são descartados e limitam seu uso no enxágue, já que são alérgenos bem conhecidos , mas essa proibição não se estende a cosméticos destinados a animais. No Brasil, a ANVISA ainda inclui esses conservantes na lista dos aprovados para uso.

Além disso, a alergia à fragrância, que é mais comum, representa um perigo nesse tipo de cosmético destinado aos pets, já que mais da metade dos produtos sem enxágue (56%) e 83% dos com enxágue continham alérgenos de fragrância conhecidos. “No momento da aplicação desses produtos, os donos entram em contato com essas substâncias que podem causar uma dermatite de contato, reação inflamatória que ocorre na pele e pode causar erupção cutânea, irritação, coceira, vermelhidão e descamação”, afirma a dermatologista.

“Da mesma forma que devemos buscar produtos isentos de parabenos e outros alérgenos para nossa pele, toda forma de exposição a esse tipo de produto deve ser diminuída. Isso inclui produtos de higiene pessoal, como pastas de dente por exemplo, e também cosméticos que aplicamos em pets”, afirma a médica. “No caso dos donos, a parte do corpo mais comumente irritada são as mãos, mas o problema potencialmente pode aparecer em qualquer parte do corpo que tenha entrado em contato com as mãos, incluindo as pálpebras, face, pescoço e região genital”, afirma.

“Se você é dono de um animal de estimação e sofre de eczema nas mãos, é possível que seus produtos para animais de estimação sejam a fonte desse problema. Se você fizer exames, então é algo que vale a pena mencionar ao seu médico.”

Em caso de qualquer alteração a médica lembra que é fundamental procurar ajuda de um dermatologista, que orientará a melhor conduta para investigar a causa do problema e tratar a dermatite.

Read More...

Destaques, RN

Justiça permite que homossexuais doem sangue no RN

Todos os desembargadores que integram a 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do RN, julgaram procedente recurso de um cidadão que teve negada sua habilitação para ser doador de sangue em virtude de sua orientação sexual. O autor da ação judicial, do sexo masculino, foi impedido de realizar a doação de sangue por ter informado, em entrevista reservada, ser homossexual e ter se relacionado sexualmente com pessoa do mesmo sexo nos últimos doze meses anteriores à entrevista.

A negativa do Estado do Rio Grande do Norte e da médica do Hemocentro Dalton Barbosa Cunha foi baseada no item b.5.2.7.2, Letra “D”, da Resolução RDC nº 153/2004 da ANVISA, vigente à época (2010), norma reconhecida como inconstitucional pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, em sessão plenária do dia 29 de agosto do ano passado.

Assim, o relator da Apelação Cível, desembargador Cornélio Alves, proibiu o Estado do RN de inabilitar o autor da ação para doação de sangue humano, com base exclusivamente na norma da ANVISA ou outra semelhante, sob pena de pagar multa de R$ 5 mil por cada negativa, limitada a R$ 50 mil.

O caso

martelo de juiz

O autor alegou no recurso apresentado ao TJRN, que embora o Estado faça campanhas conclamando o povo à solidariedade e à doação de sangue, o ente público o impede de ser doador de sangue, simplesmente por sua opção sexual.

Ele narrou que no dia 28 de novembro de 2010, ao se apresentar voluntariamente como candidato à doação de sangue ao Hemocentro Dalton Barbosa Cunha, foi impedido de doar sangue ao responder afirmativamente uma das perguntas realizadas na triagem.

Defendeu que os atos praticados pelos réus são ilícitos e estes, portanto, devem ser responsabilizados pelos danos morais deles decorrentes, além de impedidos de continuar praticando a discriminação.

Assim, requereu a reforma da sentença para que o Estado do Rio Grande do Norte passe a considerá-lo como legitimado a doar sangue, e seja proibido de fazer perguntas que visem a identificar sua orientação sexual, na entrevista feita antes do processo de doação, bem como pediu condenação dos réus por danos morais.

Decisão

Ao proferir seu voto, o desembargador Cornélio Alves salientou que o ato regulatório da ANVISA teve sua inconstitucionalidade reconhecida pelo Plenário do Tribunal de Justiça do RN, por não proteger os potenciais receptores de sangue de um comportamento de risco do pretenso doador, mas sim, por vias indiretas ou transversas, impor uma restrição à orientação sexual do doador, o seu próprio direito de ser, inerente à sua dignidade.

“Em outras palavras, se o requerente eventualmente se enquadrar em uma das situações de risco constitucionalmente admitidas, como, por exemplo, o uso de drogas injetáveis, sexo desprotegido ou com vários parceiros, etc., o Estado do Rio Grande do Norte, por meio de seus prepostos, pode e deve inabilitá-lo para doação de sangue”, concluiu o relator.

Com informações do TJRN*

Read More...

Destaques, Negócios

Natal Shopping promove evento gratuito para noivas

Planejar o dia do casamento é algo que requer dos noivos esforço, paciência e muita dedicação para que tudo saia de acordo com o desejo dos dois. São meses ou até anos de pesquisa e contratação de serviços dos mais diversos, a fim de que o dia mais importante da vida do casal seja do jeitinho que sonharam. Com o propósito de facilitar as decisões dos casais, o Natal Shopping promove, junto com Larissa Borges, a partir da próxima quarta-feira (17) até domingo (21) o evento ‘Antes de Dizer Sim’.

Organizada pela publicitária e editora da Revista Versailles Casamentos e Festas, a feira reúne no segundo piso do Natal Shopping cerca de 15 profissionais e fornecedores que vão ajudar os noivos a decidir sobre todos os detalhes para o grande dia. Entre os segmentos participantes estão o de beleza, convites, fotografia, filmagem, música, decoração e buffet. Além disso, também haverá estilistas especializados em vestidos de noivas.

“Esse é o nosso primeiro evento no Natal Shopping, mas já assinamos grandes feiras de noivas há cinco anos e trabalhamos no segmento de casamentos há 16 anos. Esperamos que o ‘Antes de Dizer Sim’ agregue muita informação e conteúdo para os fornecedores e para noivas e noivos e que eles encontrem em um único espaço vários profissionais que podem ajudá-los a realizar o sonho do casamento perfeito com descontos e vantagens”, comenta Larissa.

A feira acontece das 14h às 22h no segundo piso do shopping em frente à Kalunga, com acesso gratuito. Já estão confirmados para o evento nomes como o salão Pármenas, Thalyson Salvino, os buffets Nilson Buffet e Neuma Leão e os decoradores Clodoaldo Bahia, Iveluska Leão Decoração e Ando Decorando. Além disso, o fotógrafo Jr. Barreto e a empresa Wedpocket representam o segmento de fotografia e filmagem. Ativa Cerimonial, Criativa Som e Luz, Daniel Bezerra Bolos, Denise Lins Convites, Sax in The House, Lume Iluminação, Grupo Harmonium, Alessandra Sobreira, Rebekka Martins, Vanessa Borges, Camicado, são outros grandes nomes da mostra.

Serviço

Antes de Dizer o Sim

Data: de 17 a 21/07

Horário: 14h às 22h

Entrada Gratuita

Read More...