D+ Alimentos anvisa meningite

Um lote de peito de frango foi proibido pela Anvisa devido a presença de uma bactéria que pode causar doenças em humanos, entre elas a meningite. O lote 0320 da marca D+ Alimentos teve a distribuição e comercialização do produto suspensa em todo o país.

O peito de frango em questão é o fabricado pela G L Faleiros Indústrias de Alimentos Eireli. Segundo a Anvisa, o comunicado de recolhimento do produto foi emitido pelo próprio fabricante.

Esse é o segundo caso de problemas relacionado à carne de aves em 2018 no Brasil. Na última semana a União Europeia embargou a importação de frango de 20 frigoríficos brasileiros, 12 deles da gigante do ramo, a BRF. A justificativa é que o produto brasileiro não se adequava às exigências sanitárias do bloco econômico.

A decisão da União Europeia foi tomada após a deflagração da terceira fase da operação Carne Fraca, realizada pela Polícia Federal, e batizada de “Trapaça”. Nela, a PF constatou que alguns frigoríficos brasileiros fraudavam os resultados de exames e testes para a presença da bactéria da salmonela, presente na flora intestinal do frango, e que, em alguns casos, pode causar a morte em humanos.

O ministro Blairo Maggi respondeu à decisão informando que o embargo não se baseava em questões sanitárias, mas sim uma medida protecionista por parte da UE. Em resposta, o ministro afirmou ainda que irá abrir um painel contra o bloco na Organização Mundial Comércio para reverter o panorama.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.