O ano de 2019 foi marcado por inovações e lançamentos da Ambev – que ajudaram a companhia a crescer seu volume de vendas no Brasil em 5,1% e o lucro líquido ajustado, em 8,5%. Mantendo sua estratégia de criar e manter mais completo portfólio de bebidas em seus diferentes mercados de atuação, a Ambev fez em 2019 o maior lançamento de sua história: Skol Puro Malte. A Ambev lançou também a Colorado Ribeirão Lager, que se tornou a maior cerveja artesanal do país. A Skol Beats GT, bebida mista lançada em 2019, foi mais um exemplo de inovação que rapidamente caiu no gosto do consumidor.

No ano, o volume de cerveja vendido no Brasil cresceu 3,2%, alcançando 80,3 milhões de hectolitros. Incluindo não alcoólicos, esse índice cresceu 5,1%, chegando aos 106,8 milhões de hectolitros. A receita líquida da operação brasileira no ano somou R$ 28,7 bilhões e cresceu 7,1%. Já as vendas de bebidas não alcoólicas continuam a subir dois dígitos no Brasil, com aumento de 11,3% no volume e 16,1% na receita líquida em 2019.

Nos três últimos meses de 2019, o lucro líquido ajustado da Ambev cresceu 24,4% na comparação ao mesmo período do ano anterior. A receita líquida consolidada do trimestre atingiu R$ 15,9 bilhões, um crescimento de 5,7%. O EBITDA somou R$ 6,9 bilhões no período.

No ano, as marcas premium do portfólio (Stella Artois, Budweiser, Corona e Becks) cresceram dois dígitos, desempenho que faz da Ambev a líder absoluta do segmento no País. No segmento value, as marcas regionais Magnífica, Nossa e Legítima continuaram ganhando participação de mercado ao mesmo tempo em que impulsionam as economias dos estados onde são produzidas.

“Estamos acelerando nosso ritmo de inovação com projetos-piloto ágeis que nos ajudam a entender o desejo dos consumidores e entregar os produtos certos para eles”, afirma Fernando Tennenbaum, vice-presidente de Finanças e Relações com Investidores. “Os resultados obtidos mostram que essa estratégia está dando certo.”

Em 2019, a Ambev aumentou 42% os investimentos, totalizando R$ 5 bilhões – o maior montante desde 2015. E os projetos para atender cada vez melhor e mais rápido ao mercado continuam em ritmo acelerado. Hoje, mais de 200 startups compõem o ecossistema de inovação da empresa. Eles se complementam ao time formado por cerca de mil desenvolvedores e desenvolvedoras de tecnologia. Esses profissionais criam iniciativas que estão ajudando a transformar o modelo de negócios da Ambev. Um exemplo: o canal de vendas online da empresa já responde por 10% das vendas para bares e restaurantes.

A companhia também cresceu em seus mercados internacionais. O volume vendido na região CAC (América Central e Caribe) aumentou 5,3% no ano, enquanto seu EBITDA anual atingiu R$ 3 bilhões – um aumento de 22% na comparação com 2018. Já a zona LAS (Latin America South) teve queda de 3,5% no volume de vendas e cresceu o EBITDA em 12,3%.

“Seguimos acreditando em nosso portfólio, que vem recebendo investimentos e abrindo espaço para inovações. Nossa capacidade operacional única no mercado nos permite ampliar a nossa atuação em diferentes segmentos. Mantendo o consumidor no foco e os investimentos em longo prazo, vamos continuar acelerando o nosso crescimento”, afirma Tennenbaum.

Consolidado (18 países onde a Ambev opera)

Resultado 4° tri 2019 vs. 4° tri 2018

A receita líquida consolidada cresceu 5,7%, ficando em R$ 15,9 bilhões, enquanto o volume de vendas registrou alta de 3,4%, chegando a 47,3 milhões de hectolitros, com crescimento de 2,2% na receita por hectolitro.

Brasil – Ambev

Resultado 4° tri 2019 vs. 4° tri 2018

A receita líquida teve alta de 2,8% no 4º trimestre de 2019 na comparação anual, chegando a R$ 8,9 bilhões. O volume total de vendas (cerveja + não alcoólicos) cresceu em 4,7% para 31,4 milhões de hectolitros, com leve queda de 1,8% na receita por hectolitro. Em cerveja, o volume de vendas aumentou em 1,4% para 23,6 milhões de hectolitros. A receita líquida da venda de cerveja cresceu 1,2% e atingiu R$ 7,6 bilhões, e a receita por hectolitro decresceu ligeiramente em 0,2%. No segmento de bebidas não alcoólicas, o volume de venda cresceu 16% no trimestre, com alta de 13% na receita líquida.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.