Home Notícias Mundo Vacina canadense contra o Ebola, que foi esquecida por dez anos, será testada em humanos

Vacina canadense contra o Ebola, que foi esquecida por dez anos, será testada em humanos

Vacina canadense contra o Ebola, que foi esquecida por dez anos, será testada em humanos
0

A vacina encontrada mostrou ser 100% eficaz na proteção de macacos contra o Ebola e, agora, está sendo levada às pressas para testes em humanos – após ficar sem uso em uma prateleira de um laboratório por dez anos. As informações são do Daily Mail.

Conhecida como VSV-EBOV, a vacina ainda teve seus resultados publicados em um respeitado jornal. No entanto, em seguida, definhou em uma prateleira de um laboratório depois de ter sido licenciada para uma empresa de droga – até agora.

Estudos já realizados em primatas descobriu que a vacina previne a infecção quando administradas antes da exposição, e aumenta as chances de sobrevivência quando aplicada após a exposição.

Os direitos de propriedade intelectual para a vacina pertencem ao Governo do Canadá, e NewLink, uma empresa privada que detém os direitos de licenciamento para a vacina, e tem a responsabilidade de produzir quantidades em massa e levar a vacina para ensaios clínicos. “Em 13 de outubro de 2014, o governo do Canadá anunciou o início dos ensaios clínicos da vacina no Instituto Walter Reed de Pesquisas do Exército dos Estados Unidos”, disse a Agência de Saúde do Canadá, que ainda completou: “Esses estudos vão fornecer informações importantes sobre a segurança da vacina e dosagem apropriada. Os resultados do ensaio clínico são esperados para dezembro de 2014 “

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A NewLink Genetics diz que pelo menos cinco ensaios clínicos envolvendo a vacina, conhecida como VSV-EBOV, em breve estará em curso nos Estados Unidos, Alemanha, Suíça e em um país Africano que não está lutando contra Ebola. O trabalho estava parado devido a uma falta de interesse em Ebola, e porque ainda não havia casos. “Nunca houve um grande mercado para as vacinas de Ebola”, disse Thomas W. Geisbert, especialista Ebola na Universidade do Texas e um dos desenvolvedores da vacina, ao Boston GlobeGeisbert ainda disse que é preciso uma crise, por vezes, para as pessoas falarem: “Está bem. Temos que fazer alguma coisa aqui. “

A vacina foi produzida em Winnipeg pela Agência de Saúde Pública do Canadá, e é produto de mais de 10 anos de investigação científica pela Agência Canadense de Saúde Pública e por cientistas do Laboratório Nacional de Microbiologia. O governo canadense patenteou, e entre 800 a 1.000 frascos da vacina foram produzidos. Em 2010, a NewLink Genetics, licenciou a vacina, conhecida como VSV-EBOV, em Ames, Iowa.

A OMS, em consulta com os parceiros, incluindo as autoridades de saúde dos países afetados, vai orientar e facilitar a forma como a vacina deve ser distribuída e utilizada. 

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!