Home Notícias Brasil RN Usuário com dúvida na conta de água pode solicitar serviço de aferição de hidrômetro

Usuário com dúvida na conta de água pode solicitar serviço de aferição de hidrômetro

Publicidade

Usuário com dúvida na conta de água pode solicitar serviço de aferição de hidrômetro
Foto/Reprodução
0
Publicidade

Para garantir que não haja dúvidas quanto ao consumo de água cobrado de cada usuário, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) disponibiliza aos clientes o serviço de aferição de hidrômetro, feito mediante solicitação do interessado e depois de cumpridos alguns pré-requisitos, inclusive a vistoria do imóvel.

A checagem de hidrômetro está disponível para os clientes das regionais Natal Sul (zonas sul, leste e oeste de capital), Natal Norte (zona norte da capital e cidades vinculadas), e ainda, Regional Litoral Sul, Regional Assú, Regional Caicó e Regional de Pau dos Ferros e suas respectivas cidades vinculadas.

Caso o laudo emitido comprovar que o hidrômetro não tinha qualquer alteração será cobrada uma taxa de R$ 55,20, a ser incluída na conta do usuário, podendo ser parcelada. Por isso, é importante que antes de solicitar o serviço da Caern, havendo dúvidas sobre alteração excessiva no valor da conta mensal, por exemplo, o usuário deve verificar se não existem vazamentos ou outras avarias que acabem por acarretar o aumento do consumo.

Márcio Gomes, chefe da Unidade de Cadastro e Faturamento da Caern, explica que o cliente pode acompanhar o aferição do hidrômetro na Caern, com a presença também de um técnico do Inmetro. “São feitos cinco testes, dentro dos critérios estabelecidos pelo Inmetro e, depois, é emitido um laudo para o cliente”, explica Márcio.

Caso seja detectado problema no hidrômetro, outro equipamento, devidamente aferido, é colocado no lugar e a conta de água é reemitida, com base em uma nova medida de consumo do período de cinco dias, a ser projetada para um consumo mensal. Nesse caso, o usuário não paga o serviço. Quando o cliente tem interesse em solicitar o aferimento, deverá procurar o escritório local ou distrital da Caern ou o atendimento da Caern na Central do Cidadão.

PARALELO

Nas cidades do interior onde não há o serviço de aferição, como por exemplo, Mossoró, a Caern faz a checagem do uso instalando um hidrômetro paralelo. “O próprio operador do sistema vai à casa do usuário e instala outro hidrômetro para fazer a medição do consumo em paralelo”, informa Márcio Gomes. A medição é feita por no máximo uma semana e, em caso de divergência, o hidrômetro é trocado. Nessas situações, o consumidor não paga qualquer taxa pelo serviço.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!