Home Notícias Política Unasul diz que afastamento de Dilma abre precedente perigoso

Unasul diz que afastamento de Dilma abre precedente perigoso

Publicidade

Unasul diz que afastamento de Dilma abre precedente perigoso
Foto: Divulgação
0
Publicidade

(ANSA) – O secretário-geral da União das Nações Sul-Americanas (Unasul), Ernesto Samper, afirmou que o afastamento da presidente brasileira, Dilma Roussef, pode abrir um precedente “perigoso”. Segundo Samper, a atitude “compromete a governabilidade democrática da região em um caminho perigoso”. “O que aconteceu no Brasil, é que uma maioria política mudou o que a maioria dos cidadãos expressou, por eles mesmos, em claro favor de Rousseff”, afirmou o líder da Unasul sobre a reeleição da mandatária em 2014.

Para ele, o impeachment é um tipo de “ruptura da ordem democrática” que pode levar o Brasil a ser suspenso do bloco econômico, já que tem um “caráter político”. Samper criticou ainda a postura dos parlamentares na Câmara dos Deputados, que “não deram espaço” para que a defesa de Dilma fosse realizada de maneira correta.

“Nesta nova fase, nós pedimos que o direito de defesa para a presidente Rousseff seja garantida”, disse o presidente da Unasul ao comentar o novo processo que se desenvolverá no Senado e que pode afastar definitivamente a pessoa do cargo. Já sobre o presidente interino do Brasil, Michel Temer, o presidente do bloco se recusou a fazer qualquer comentário por “não ser sua esfera comentar um governo interino”.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!