Home Notícias Brasil RN Sesap realiza contratação emergencial para o Hospital Maria Alice

Sesap realiza contratação emergencial para o Hospital Maria Alice

Sesap realiza contratação emergencial para o Hospital Maria Alice
Foto: Reprodução / Google Maps
0

Para suprir as lacunas nas escalas de plantão no Hospital Maria Alice Fernandes, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) está realizando a contratação emergencial de profissionais médicos (intensivista pediatra) a fim de garantir o pleno funcionamento da unidade.

De acordo com a secretária adjunta da Sesap, Denise Aragão, a Secretaria está realizando um verdadeiro mutirão para que a UTI da unidade hospitalar e o pronto-socorro estejam funcionando normalmente até a próxima segunda-feira (1). Para tratar deste problema, a secretária adjunta participou na manhã desta quinta-feira (28) de uma reunião na sede do hospital juntamente com diretores, médicos, servidores e outras entidades preocupadas em solucionar a questão. Estavam presentes representantes do CRM, CREMERN, Defensoria Pública, Movimento Criança Viva, Sindsaúde, além do presidente do TJRN, desembargador Cláudio Santos.

Para os meses subsequentes, a Secretaria está preparando uma licitação para a contratação dos profissionais. Uma outra alternativa, a médio prazo, é a realização de concurso público para a contração de médicos efetivos para o Hospital Maria Alice Fernandes e outras unidades hospitalares do RN. A este respeito a coordenadoria de Recursos Humanos da Sesap já realizou um levantamento das reais necessidades junto às unidades e enviou o projeto para ser avaliado pela Controladoria Geral do Estado (Control).

“Estamos fazendo uma força-tarefa para essa contratação emergencial, a fim de completar as escalas de agosto e em paralelo um processo licitatório para nos prevenirmos quanto aos outros meses. Esse impasse não é admissível, porque o Hospital Maria Alice ao invés de recuar, tem é que ampliar o seu atendimento. Temos médicos pediatras interessados na prestação do serviço e já estamos na fase de finalização do processo de licitação”, afirmou a secretária adjunta.

Um plano de atenção rápida está sendo construído com objetivo de também ampliar os leitos do hospital. De acordo com a direção da unidade, devido ao déficit de profissionais – agravado pela quantidade de servidores que estão se aposentando, em férias ou de licença médica – o problema vem acontecendo de forma recorrente a partir da segunda quinzena do mês. Nos demais dias, a unidade funciona normalmente. Denise Aragão afirmou que a Sesap está realizando ações para solucionar o problema da falta de médicos com um planejamento para contratações a curto, médio e longo prazo e que está orientando os hospitais e demais unidades que se planejem e informem à Sesap quanto à quantidade de servidores de carreira que estão requerendo aposentadoria.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!