Home Concurso Público Senado Federal terá concurso para nível médio e superior com salários atrativos

Senado Federal terá concurso para nível médio e superior com salários atrativos

Senado Federal terá concurso para nível médio e superior com salários atrativos
Vagas serão distribuídas em instituições das áreas de saúde, educação e segurança pública. Proposta terá de ser analisada ainda pelo Senado
0

Com o concurso previsto para 2016 e oferta para nível médio, superior e  mais de 1.200 cargos vagos (Concurso Senado Federal 2016), foi aprovado pelo Plenário do Senado Federal o Projeto de Lei do Senado (PLS) 553/2015, que dispõe sobre as Tabelas de Vencimentos Básicos dos Servidores ocupantes de cargo efetivo do Quadro de Pessoal do Senado Federal. A proposta concede reajuste de 21,3% sobre vencimentos básicos dos servidores efetivos da Casa, distribuídos em quatro parcelas anuais.

As parcelas serão divididas da seguinte forma: 5,5% de reajuste a partir de 1º de janeiro de 2016; 5% aplicado sobre as tabelas vigentes em 31 de dezembro de 2016, a partir de 1º de janeiro de 2017; 4,8% em relação ao ano anterior a partir de 1º de janeiro de 2018 e, a partir de 2019, de 4,5% sobre o último ano.

Em Plenário, foram aprovadas três emendas ao texto, entre elas a do senador Paulo Paim (PT-RS), que incide o reajuste em todas as parcelas que compõem a remuneração, mesmo as que não são calculadas sobre o vencimento básico. Paim explicou que a medida se justifica por se tratar de reajuste concedido “a título de revisão geral, em caráter uniforme a todos os servidores”.

O presidente do Senado, Renan Calheiros, afirmou que o reajuste é dado na forma da lei, a exemplo do que foi feito pela Câmara dos Deputados, pelo Executivo e pelo Judiciário. Os recursos financeiros necessários ao custeio das alterações correrão por conta de dotações orçamentárias específicas, previstas em anexo próprio da lei orçamentária, para o Senado Federal.

A casa legislativa (Concurso Senado Federal 2016), conta com concurso expirado desde julho do ano passado e deverá anunciar em breve uma nova seleção para a sua estrutura funcional. A última, realizada em 2012 pela FGV, contou com cerca de 246 vagas e houve nomeações além desse número inicial, em virtude de aposentadoria e falecimento de servidores.

A boa nova que trazemos para os concurseiros/as que desejam ingressar no legislativo federal é que, com um panorama atualizado nesta terça-feira (29 de dezembro de 2015), há mais 1.287 cargos vagos. O maior quantitativo é para o cargo de técnico legislativo – 762 –  , nas mais diversas especialidades. O cargo exige apenas o nível médio completo, mas há especialidades que exigem nível técnico como, por exemplo, o de  enfermagem ou informática legislativa. A remuneração inicial de todas as áreas/especialidades é de R$ 16.014,16, podendo alcançar R$ 19.173,75 na classe especial.

Para o cargo  de analista, de nível superior, há, atualmente, 462 cargos vagos em diversas especialidades, alguns cargos exigem formação específica, já outros apenas o nível superior completo em qualquer área. A remuneração inicial do cargo de Analista Legislativo é de R$ 21.347,32, podendo alcançar R$ 24.194,48 na classe especial.

Por fim, há 29 cargos vagos de consultor legislativo, que exige apenas o nível superior em qualquer área de atuação. A remuneração inicial é de R$ 27.582,21, podendo alcançar R$ 28.944,32 na classe especial.

Com um quantitativo alto de cargos vagos e sem concurso vigente,  tudo indica que o tão aguardado concurso do Senado Federal está mais próximo do que você imagina. A suspensão do concursos anunciada pelo Governo Federal não deverá adiar por muito tempo a publicação do certame para o ógão, que precisa repor urgentemente sua força de trabalho. Lembrando que a proposta apresentada pelos Ministros da Fazenda e de Planejamento, no última dia 14, ainda será avaliada e precisa de maioria absoluta dos deputados para aprovação. Os altos vencimentos e a quantidade de benefícios fazem do concurso do Senado um dos mais esperados e concorridos pelos concurseiros de plantão.

Assim, já é recomendável que os interessados na estabilidade e nas altas remunerações , que só o Senado pode proporcionar, comecem a se preparar. Além da remuneração incrivelmente atrativa (até R$ 25 mil), a Casa contabiliza muitas aposentadorias – 400 somente ano passado e mais 1.057 para este ano,  2015, o que deve aumentar o número de aprovados que serão aproveitados para repor os quadros.

– Além de um aproveitamento significativo de aprovados, os vencimentos são atrativos diferenciados para a casa legislativa. Além das gratificações que aumentam o valor: de atividade legislativa, de representação e de desempenho. A remuneração dos servidores vai de R$ 16.014,16 a R$ 27.582,21, conforme já dito.

Dicas!

– Não espere o edital ser publicado. Intensifique agora mesmo os estudos! Comece pelas matérias básicas (língua portuguesa, inglês ou espanhol  – cargos de nível superior – , noções de informática em alguns cargos e conhecimentos gerais). Estas matérias pedem uma dedicação maior, especialmente agora, quando o edital ainda não foi divulgado. Para mais detalhes, confira os editais abaixo da matéria.

– A concentração maior de energia deve sem nas matérias ligadas às atividades do Senado como direito constitucional, direito administrativo, Lei 8.112/1990, Regimento Interno do Senado, Regimento Comum (do Congresso). Domine também a disciplina de Língua Portuguesa.

Observação: Após a publicação do edital, as prioridades podem ter que ser reavaliadas. Podem existir mudanças na cobrança de conteúdos e atualizações importantes.

Última seleção

O último concurso do Senado Federal foi em 2012. Foram oferecidas 246 vagas abertas, distribuídas entre cargos de Consultor Legislativo, Analista Legislativo e Técnico Legislativo, com vencimentos de até R$ 23.826,57. Organização do concurso ficou a cargo da Fundação Getúlio Vargas(FGV), que publicou um edital para cada cargo a ser preenchido. Do total de oportunidades, 5% foram destinadas aos portadores de deficiência.

Cargos

– Técnico Legislativo

Para Técnicos as áreas contempladas foram: Apoio Técnico ao Processo Legislativo; Apoio Técnico-Administrativo; Saúde e Assistência Social; Instalações, Equipamentos, Ocupação e Ambientação de Espaço Físico; e Apoio Técnico ao Processo Industrial Gráfico. A remuneração inicial de todas as áreas/especialidades é de R$ 13.833,64, para jornada de trabalho de 40 horas semanais.

– Policial Legislativo

O cargo de Policial Legislativo também compõe a carreira de Técnico legislativo, tendo como requisito o nível médio completo certificado por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. A  remuneração inicial é de R$ 13.833,64, para jornada de 40 horas semanais.

Para este cargo foram aplicadas Provas Escritas Objetivas de Múltipla Escolha e Provas Escritas Discursivas,  Prova de Aptidão Física, Avaliação Psicológica; Investigação Social Documental; e Curso de Formação.

– Consultor Legislativo

O concurso público para Consultor contou três etapas: Provas Escritas Objetivas de Múltipla Escolha, Provas Escritas Discursivas e Avaliação de Títulos. A remuneração inicial de todas as áreas/especialidades/subáreas é de R$ 23.826,57,  para jornada de trabalho de 40 horas semanais.

– Analista Legislativo

As áreas contempladas para Analista Legislativo foram: Apoio Técnico ao Processo Legislativo, Apoio Técnico-Administrativo, Controle Interno, Saúde e Assistência Social, Instalações, Equipamentos, Ocupação e Ambientação de Espaço Físico, Redação e Revisão de Textos Gráficos, Comunicação Social e Tecnologia da Informação. A remuneração inicial do cargo de Analista Legislativo, em todas as áreas/especialidades/ subáreas, é de R$ 18.440,64, para jornada de 40 horas semanais.

Detalhes

Concurso: Concurso Senado Federal
Banca Examinadora: a definir
Total de Vagas: a definir (cerca de 1.200 cargos vagos)
Remuneração: de R$ 16.014,16 a R$ 27.582,21
Taxa de Inscrição: a definir
Datas de Inscrição: em breve
Data da Prova: a definir
Região: Brasília-DF
Escolaridade: Médio, Superior
Área: Fiscal, Judiciária, Administrativa, Outras

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!