Segurança em celebração do Papa é reforçada

(ANSA) – A Polícia de Estado da Itália reforçou neste domingo (22) a segurança e os controles na praça São Pedro por causa do Angelus do papa Francisco, celebração que acontece no primeiro dia de cada semana.

Todas as entradas situadas ao longo das colunas do local foram fechadas. Para acessar a praça, os fiéis precisaram passar por duas barreiras: na primeira, os agentes olhavam bolsas e mochilas, e na segunda, as pessoas eram submetidas a detectores de metais. Por conta disso, formaram-se longas filas para entrar no Vaticano.

Esse esquema de segurança costuma ser adotado apenas em grandes eventos, como as missas do Pontífice, mas a Polícia de Estado decidiu usá-lo também no Angelus por causa dos recentes atentados em Paris e das constantes ameaças do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) – autor dos ataques – à Igreja Católica.

As novas medidas também foram tratadas como preparação para o Jubileu Extraordinário da Misericórdia, que começará em 8 de dezembro e atrairá milhões de peregrinos ao Vaticano. Ainda assim, o clima na praça São Pedro era sereno. “Com todos esses controles e os policiais que vimos, nos sentimos protegidos”, disse uma fiel polonesa. Segundo a sala de imprensa da Santa Sé, cerca de 30 mil pessoas assistiram ao Angelus deste domingo.

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!