Home Notícias Brasil RN Mossoró Santuário de Santa Luzia deve ser viabilizado através da iniciativa privada; conheça detalhes

Santuário de Santa Luzia deve ser viabilizado através da iniciativa privada; conheça detalhes

Santuário de Santa Luzia deve ser viabilizado através da iniciativa privada; conheça detalhes
Foto: Divulgação
0

Para expandir o turismo religioso em Mossoró, a Prefeitura recebeu do Escritório de Arquitetura Escala, de João Pessoa, Paraíba, o projeto arquitetônico e maquete eletrônica do Santuário de Santa Luzia, que será disponibilizado pelo Executivo para que a obra seja viabilizada através da iniciativa privada, por meio de uma Sociedade para Fins Específicos (SPE).

Essa é uma alternativa encontrada pela gestão para que a obra, além de não ser viabilizada com recursos públicos, ainda seja revertida em arrecadação para o município. “Também é uma alternativa para que esse projeto, que pertence à sociedade, não fique preso ou travado quando da troca de gestores ao passo dos sucessivos processos eleitorais”, explica o prefeito Francisco José Júnior.

As maquetes apresentam a vista da estátua, imagens da rotatória, estacionamento, escadaria e de todo o templo. Ao todo, foram projetados 16mil m² em edificações que acompanham desde a base até o topo da Serra Mossoró, numa perspectiva de continuidade que será vista ao longe.

Concluídas as fases iniciais, o município dará seguimento à formação da comissão que acompanhará o processo após a conclusão do projeto complementar, que representa exatamente a etapa que culminará na definição dos custos finais da obra, hoje estimada pelo escritório de arquitetura em torno de R$ 20 milhões. “O que nos chamou a atenção para que o Santuário seja executado através de SPE foi justamente a estimativa do valor da obra”, explica o secretário de infraestrutura José Couto.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Para a realização de uma Sociedade para Fins Específicos, o município precisará fazer um chamamento público com duração de 30 dias, no qual será definida a empresa que construirá o Santuário, conforme projetado, e ainda fizer a melhor proposta de participação nos lucros do empreendimento para o município. Até ontem, 13, apenas pequenas equipes da Prefeitura e alguns dirigentes da igreja católica haviam tido acesso ao projeto arquitetônico do Santuário, que a partir de hoje está sendo disponibilizado para a sociedade.

“Esse é um projeto grandioso, que vai atender a demanda de Mossoró e região nos próximos 50 anos. Não se trata de algo simples, que ficará pronto de uma hora para a outra, mas uma obra projetada de forma inteligente que já tem condições de ficar disponível para o público dentro do prazo de dois a três anos”, conclui o prefeito Francisco José Júnior.

O santuário

O projeto arquitetônico do Santuário de Santa Luzia, apresentado no domingo (13) aos mossoroenses, será executado em uma área de 180 mil metros quadrados destinada à visitação pública na Serra Mossoró. Além do monumento em homenagem à padroeira de Mossoró, que terá 80 metros de altura, a maior estátua religiosa do mundo, o Santuário também será composto por bosques, praças, jardins, alamedas, fontes, cascatas, chafariz, nascentes, córregos e equipamentos comunitários.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O paisagismo do Santuário será composto de elementos naturais, com peças ornamentais, conjuntos de rochas, entre outros. Ao longo de todo o percurso do arvoredo, a água corrente acompanhará os visitantes. O sistema de irrigação será computadorizado e toda a água será reciclada em circuito fechado, alimentado por energia solar. Haverá ainda um sistema de captação de águas pluviais. O Santuário será também um espaço de preservação da flora e da fauna da caatinga nordestina.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!