Home Notícias Brasil RN Sábado é o “Dia D” da Campanha de Vacinação Antirrábica

Sábado é o “Dia D” da Campanha de Vacinação Antirrábica

Sábado é o “Dia D” da Campanha de Vacinação Antirrábica
Foto: Divulgação
0

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) vai realizar neste sábado (10), a maior mobilização da Campanha de Vacinação Antirrábica de cães e gatos do RN. Os animais podem ser vacinados das 8h às 17h em postos fixos nos municípios.

A estimativa é de que 742.555 animais sejam imunizados, sendo desses 530.638 cães. Para que a meta de 80% que assegura a quebra da cadeia de transmissão da raiva do cão para as pessoas seja atingida, é preciso que 424.511 cães sejam vacinados. A campanha foi iniciada em 8 de agosto e segue até 10 de outubro.

No RN, o último caso de raiva humana ocorreu em 2010, mas há anualmente uma média de 27 casos de raiva animal diagnosticados laboratorialmente. Em 2015, o registro de casos de raiva animal foi superior à média anual e foi o maior dos últimos cinco anos.

O caso de raiva humana de 2010 do RN teve como animal transmissor um morcego. Historicamente, no Rio Grande do Norte, os quirópteros são os animais mais acometidos por raiva, correspondendo a 52,82% dos casos diagnosticados entre todas as espécies encaminhadas para exame laboratorial de raiva. Este ano, dos 14 casos diagnosticados laboratorialmente no RN, 10 ocorreram em morcegos.

A Sesap alerta que o envolvimento dessa espécie animal no ciclo da raiva traz preocupação, pois quirópteros raivosos podem entrar nas residências, colocando em risco pessoas e animais. “Dessa forma, considerando o poder de transmissão do vírus rábico entre os animais de estimação e que os mamíferos silvestres raivosos podem ser fonte de infecção dessa doença, devemos proteger os cães e gatos vacinando-os contra raiva anualmente”, afirma a subcoordenadoria de Vigilância Ambiental, Cinthia Higashi.

Lista de postos da Grande Natal para o Dia D 2016

Ministério da Saúde

De acordo com o Manual de Vigilância, Prevenção e Controle de Zoonoses do Ministério da Saúde (2016), a vacina antirrábica animal é a única preconizada e normatizada para uso no serviço público de saúde e constitui uma das ferramentas do Programa Nacional de Vigilância e Controle da Raiva no Brasil. Na campanha de vacinação antirrábica anual o objetivo é a prevenção da raiva nos cães e gatos, uma vez que o cão ainda é considerado como principal transmissor dessa doença para as pessoas, e que cresce a preocupação com a transmissão da raiva por gatos no país.

De 2005 a agosto de 2016, foram registrados no país 33 casos de raiva humana, sendo 54,54% transmitidos por cães. No entanto, nesse último ano, dos três casos de raiva humana diagnosticados no Brasil, em dois deles o animal transmissor foi o gato, que teve como animal fonte de infecção da raiva o morcego.

Rafael Nicácio Editor e repórter do Portal N10. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do RN) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN).
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!