Poluição na China mata 1,6 milhão de pessoas por ano

(ANSA) – A poluição na China faz 1,6 milhão de vítimas por ano, cerca de 4,4 mil mortes por dia, revelou um estudo realizado pela Berkeley Earth e publicado pela revista “Plos One”. Essa é a primeira vez que as áreas da nação foram mapeadas para descobrir as causas da contaminação do ar e revelaram que, por exemplo, a poluição de Pequim é causada também por outras áreas industriais chinesas.

Os pesquisadores analisaram cerca de 1,5 mil empresas na China, Taiwan e outros países vizinhos, como a Coreia do Sul, aplicando os parâmetros indicados pela Organização Mundial da Saúde e que ligam doenças com a poluição. Da pesquisa surgiu a informação de que 40% dos chineses vivem com um nível médio de poluição maior do que os países ocidentais e que 17% das mortes ocorridas em todo o território são atribuídas à contaminação do ar.

Os maiores produtores do problema são as grandes fábricas que queimam carvão, diz o estudo. “Grande parte da poluição do ar de Pequim vem da produção industrial da província de Ebrei, a cerca de 400 quilômetros de distância. Isso quer dizer que para limpar o ar da capital, como prometido para as Olimpíadas de Inverno de 2022, precisarão ser feitas intervenções também nas zonas industriais”, diz o relatório.

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!