Home Notícias Variedades Dicas Ortopedista alerta foliões para cuidados com os pés durante o Carnaval

Ortopedista alerta foliões para cuidados com os pés durante o Carnaval

Publicidade

Ortopedista alerta foliões para cuidados com os pés durante o Carnaval
Foto: Divulgação
1
Publicidade

Nos dias de Carnaval, os pés dos foliões precisam aguentar grande impacto para garantir a diversão até a quarta-feira de cinzas. Por isso, alguns cuidados são imprescindíveis com vista em manter a saúde não somente desses membros, mas também dos joelhos, tornozelos e demais articulações. O ortopedista do Hospital Memorial, Hermann Gomes, alerta que uma sobrecarga mecânica pode acarretar danos desagradáveis e dolorosos a quem escolhe o calçado errado para cair na festa de momo.

“Os tênis são a melhor opção, pois amortecem o impacto dos pulos carnavalescos e ainda protegem os pés de possíveis traumas como pancadas, cortes e pisadas dos outros”, recomenda o especialista. Quem não pode abrir mão do salto deve utilizar o modelo plataforma, que dá mais estabilidade à caminhada, mas outros tipos de salto alto representam perigo na hora da folia. Afinal, esse estilo de sapato é instável e gera risco de entorse, fratura, dores nos joelhos e na coluna.

Hermann Gomes adiciona que as rasteirinhas cansam mais as panturrilhas e causam mais lesões no tendão de Aquiles, portanto, o ideal é evitá-las nesses dias de frevo e samba. Para os homens, tênis confortáveis também são recomendados. Os sedentários que resolvem se esbaldar nos blocos devem ter atenção redobrada para usar o calçado adequado e não exagerar ao sobrecarregar pés, joelhos e articulações.

“Ao sentir algum incômodo, o folião deve dar o descanso necessário aos pés e, se o divertimento exigir demais deles, pode-se fazer compressas de gelo ou de calor. Caso as dores persistam, o folião deve procurar um médico”, finaliza o ortopedista.

Publicidade

Rafael Nicácio Editor e repórter do Portal N10. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do RN) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN).
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!