Home Notícias Universo Nasa começa nova etapa de programa de ‘colonização’ espacial

Nasa começa nova etapa de programa de ‘colonização’ espacial

Publicidade

Nasa começa nova etapa de programa de ‘colonização’ espacial
0
Publicidade

(ANSA) – Táxis para viagens espaciais, moradias infláveis e até “correios” para o espaço são os planos da Agência Espacial norte-americana (Nasa) para criar uma possível colonização espacial.

Para isso, a Nasa começa nesse semestre a segunda etapa do “NextStep”, um programa que tem como objetivo incentivar o financiamento da exploração do espaço iniciado em 2014. Atualmente, o investimento é de US$ 65 milhões e provém de uma parceria entre empresas públicas e privadas para custear seis projetos que prometem solucionar e inovar a ocupação humana no Sistema Solar.

Um dos desenvolvedores é a Bigelow, empresa de Las Vegas especializada em tecnologia espacial, que acoplou com sucesso, em abril, o módulo inflável BEAM à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês). Agora, a companhia enviará, com a parceria da Space X (empresa de transporte espacial dos Estados Unidos), um módulo inflável com proporções bem maiores, de 330 metros quadrados. Essas plataformas servem como uma extensão do ISS e devem servir como habitações para astronautas que fazem viagens de longo prazo.

Outro projeto de destaque são as pequenas naves de carga, chamadas também de táxis, que irão até a ISS. Essas são desenvolvidas pela Orbital Atk, outra empresa norte-americana do setor. Com pretensão de aprimorar, e depois substituir a Cygnus, cápsula que leva à ISS todos os suprimentos necessários para os astronautas, os táxis desejam também transportar colônias para a órbita da ISS no futuro.

Boeing, Lockheed Martin, Sierra Nevada e NanoRacks são as outras empresas desenvolvedoras que estão sob custódia da Nasa nesse projeto que tem como finalidade colonizar tanto Marte como outros planetas no futuro.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!