Home Notícias Brasil RN Natal Ipem-RN verifica taxímetros de Natal devido ao reajuste na tarifa

Ipem-RN verifica taxímetros de Natal devido ao reajuste na tarifa

Publicidade

Ipem-RN verifica taxímetros de Natal devido ao reajuste na tarifa
Foto: Divulgação
0
Publicidade

O Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (Ipem-RN) iniciou a verificação dos taxímetros utilizados no município devido ao reajuste na tarifa.

Deverão ser verificados os aparelhos de 80 veículos diariamente, até que se atinja o total de 1.010 táxis que rodam na capital. Essa nova tabela refere-se apenas aos táxis de Natal, devido ao reajuste, que para passar a valer precisa da mudança do valor no taxímetro em oficina autorizada e verificação do equipamento pelo órgão delegado do Inmetro. Os taxistas serão convocados para comparecimento em data específica, conforme número do TX, no período de 18 de janeiro a 05 de fevereiro.

Os taxistas deverão ficar atentos a tabela com a convocação publicada no Diário Oficial do Estado. Confira AQUI a Portaria do IPEM-RN que estabelece a verificação, publicada dia 8 de janeiro de 2016, no Diário Oficial do Estado.

O não comparecimento do taxista para a verificação do taxímetro que equipa o seu veículo poderá acarretar Auto de Infração.

Calendário de Verificação de Taxímetros 

DIACARROS (“PORTAS” OU “TX”)
18/01/20160 – 80
19/01/201681 – 161
20/01/2016162 – 242
21/01/2016243 – 323
22/01/2016324 – 404
25/01/2016405 – 485
26/01/2016486 – 566
27/01/2016567 – 647
28/01/2016648 – 728
29/01/2016729 – 809
01/02/2016810 – 890
02/02/2016891 – 971
03/02/2016972 – 1010
04 e 05/02/2016RETARDATARIOS

Em caso de dúvidas, o taxista poderá entrar em contato através do telefone do Taxímetro do Ipem-RN: (84) 3205-4885, sempre de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h.

OBRIGATORIEDADE

A verificação periódica do taxímetro é obrigatória, segundo a Portaria Inmetro nº 201 de 21 de outubro de 2012. O objetivo é garantir o perfeito funcionamento do equipamento, visando que nem consumidor e nem o taxista sejam prejudicados pela cobrança indevida da corrida, seja para mais ou para menos. O não comparecimento do taxista para a verificação do taxímetro que equipa o seu veículo gera Auto de Infração, podendo o condutor sofrer advertência ou multa.

DOCUMENTOS

Para a execução do serviço de verificação do taxímetro é necessário apresentar os seguintes documentos:

Documento original do veículo;
Certificado do Inmetro atualmente utilizado.

Publicidade

Rafael Nicácio Editor e repórter do Portal N10. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do RN) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN).
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!