Home Notícias Brasil RN IFRN inaugura sua sexta usina solar no Campus Parelhas

IFRN inaugura sua sexta usina solar no Campus Parelhas

Publicidade

IFRN inaugura sua sexta usina solar no Campus Parelhas
Foto: Divulgação
0
Publicidade

Investindo cada vez mais em energias renováveis, o IFRN inaugurou na última quinta-feira, 6 de agosto, a usina solar do Campus Parelhas. A produção de energia anual estimada para essa unidade é de 7.100 kWh/mês, que será consumida dentro do Campus. Como a unidade de ensino foi inaugurada neste ano e ainda não funciona com toda sua capacidade, nos primeiros meses, é prevista uma demanda menor que a produção, sendo o excedente lançado na rede de distribuição da COSERN e o valor relativo ao excedente creditado proporcionalmente na fatura da Instituição, conforme prevê a Resolução 482 da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

O Campus Avançado de Lajes, que também iniciou suas aulas neste ano, contará com a instalação de uma usina solar de igual configuração ao do Campus Parelhas, com início da execução previsto para as próximas semanas. Já no Campus São Gonçalo, foi iniciada a implantação de uma usina de 55 kW que cobrirá parte do estacionamento.

Ao final, o IFRN contará com 9 usinas fotovoltaicas em unidades diferentes da Instituição. O Instituto já possui, além do Campus Parelhas, cinco unidades com usinas fotovoltaicas em pleno funcionamento: a Reitoria e os campi Canguaretama, Currais Novos, Ceará-Mirim e São Paulo do Potengi. No total, são 753 kW de potência fotovoltaica instalada, com 558 kW de potência ativa.

A diferença de 195 kw se deve ao Campus Natal-Central, com usina em processo de finalização de instalação devido a questões de ordem técnica que necessitaram ajustes. A montagem inicial, que era de 112,8kW, foi ampliada para 195kW, ocupando toda a extensão da cobertura do bloco de salas de aula.

“Sob a coordenação do professor Augusto Fialho, está sendo preparada uma sala para acompanhar o desempenho dos geradores instalados no IFRN, incluindo a instalação de uma estação solarimétrica que será doada pela ALSOL ENERGIAS RENOVÁVEIS”, declarou Franclin. O equipamento permitirá o desenvolvimento de estudos relacionados à eficiência dos painéis e inversores.

Desde o início do funcionamento do primeiro gerador, em 30 de dezembro de 2013, foram gerados aproximadamente 685 MWh, o que representou economia de R$ 222.360,00 nas contas de energia elétrica da Instituição, considerando as tarifas praticadas durante esse período. Essa ação também contribuiu para evitar a emissão de 61T de CO2. O IFRN foi a primeira instituição pública brasileira a usar micro e minigeradores conectados à rede de distribuição de energia elétrica.

De acordo com Franclin Róbias, engenheiro eletricista do IFRN, o equipamento fotovoltaico instalado no Campus Parelhas é composto de 200 painéis solares policristalinos de 250 W (pico), montados sobre a cobertura do prédio principal, ocupando área de 320m². A estrutura pesa aproximadamente 11,5 kg/m². A conversão da energia gerada em corrente contínua para alternada é realizada por 2 inversores trifásico de 27kW, Selo A do INMETRO, eficiência de 15,5%, com controle individual de máxima potência por grupo de painéis (multistring).

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!