Home Notícias Ciência Estudo descobre que as mulheres são mais afetadas por imagens emocionais que os homens

Estudo descobre que as mulheres são mais afetadas por imagens emocionais que os homens

Estudo descobre que as mulheres são mais afetadas por imagens emocionais que os homens
Imagem: Reprodução/Daily Mail.
0

Pesquisadores suíços descobriram que as mulheres avaliam imagens emocionais mais estimulante do que os homens e são mais propensas a se lembrar delas. O estudo foi feito em grande escala por uma equipe de pesquisadores da Universidade de Basel focada em determinar a relação dependente de sexo entre as emoções, o desempenho da memória e atividade cerebral. As informações são do Daily Mail.

De acordo com a líder do estudo, Dra. Annette Milnik, a pesquisa mostra que as diferenças encontradas em homens e mulheres é devido aos diferentes mecanismos entre eles. “Isso sugere que as diferenças dependentes do gênero no processamento emocional e memória são devido a diferentes mecanismos”, disse.

Sabe-se que as mulheres muitas vezes consideram eventos emocionais mais estimulantes do que os homens. Estudos anteriores demonstraram que as emoções influenciam a nossa memória: o mais emocional é uma situação, o mais provável é que se lembre dela. Isso levanta a questão de saber se as mulheres muitas vezes superam os homens em testes de memória por causa da maneira que processam emoções.

Sabe-se que as mulheres muitas vezes consideram eventos emocionais mais estimulante do que os homens.
Sabe-se que as mulheres muitas vezes consideram eventos emocionais mais estimulante do que os homens.

Com a ajuda de 3.398 voluntários, os pesquisadores foram capazes de demonstrar que as mulheres avaliaram o conteúdo da imagem emocional – especialmente conteúdo negativo – como emocionalmente mais estimulante do que os homens.  No caso de imagens neutras, no entanto, não houve diferenças de gênero em avaliação emocional.

Em um teste de memória subsequente, os participantes do sexo feminino poderia recordar livremente significativamente mais imagens do que os participantes do sexo masculino. Surpreendentemente, porém, as mulheres tinham uma vantagem especial sobre os homens quando recordando imagens positivas. Usando dados de fMRI de 696 sujeitos de teste, os pesquisadores também foram capazes de mostrar que a apreciação mais forte do conteúdo da imagem emocional negativa pelas participantes do sexo feminino está ligado ao aumento da atividade cerebral em regiões motoras.

“Este resultado apoiaria a crença comum de que as mulheres são mais expressivas emocionalmente do que os homens”, explicou Dr Klara Spalek, principal autora do estudo. Os resultados também ajudam a proporcionar uma melhor compreensão das diferenças específicas de gênero no tratamento da informação. Este conhecimento é importante, porque muitas doenças neuropsiquiátricas também apresentam diferenças entre os sexos.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!