Home Notícias Política Dilma adia atuação de embaixador indonésio após execução de brasileiro

Dilma adia atuação de embaixador indonésio após execução de brasileiro

Publicidade

Dilma adia atuação de embaixador indonésio após execução de brasileiro
Foto: Reprodução
0
Publicidade

A execução do brasileiro Marco Archer por parte do governo indonésio fez a relação entre o Brasil e a Indonésia estremecer. Durante cerimônia de entrega das credenciais dos embaixadores de cinco países nesta sexta-feira (20), a presidente Dilma Rousseff informou que o governo brasileiro decidiu adiar o início da atuação do embaixador da Indonésia em Brasília, Toto Riyanto.

A cerimônia de recebimento das credenciais dos embaixadores pelo presidente da República é uma formalidade que marca oficialmente o começo das atividades dos diplomatas. Após o recebimento, o presidente passa a reconhecer que o embaixador representa o Estado no Brasil. Mas na solenidade desta sexta, o governo brasileiro optou por postergar o ato de recebimento das credenciais, o que deixa a Indonésia, temporariamente, sem embaixador no Brasil.

As credenciais dos diplomatas Edwin Emílio Vergada Cárdenas (Panamá), Maria Lourdes Urbaneja Durant (Venezuela), Diana Marcela Vanegas Hernández (El Salvador), Amadou Habibou Ndiaye (Senegal) e Nikolaos Tsamados (Grécia) foram recebidas. A própria Dilma explicou, ao final da cerimônia, o motivo de ela ter decidido “atrasar” o recebimento da documentação do embaixador. Segundo Dilma, antes de autorizar a atuação do diplomata, ela quer ter clareza sobre a situação das relações diplomáticas entre as duas nações.

“Achamos importante que haja uma evolução na situação para que a gente tenha clareza em que condições estão as relações da Indonésia com o Brasil. Na verdade, o que fizemos foi atrasar um pouco o recebimento de credenciais, nada mais que isso”, ressaltou a presidente.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!