Defesa civil ordena estado de emergência para 12 municípios brasileiros

Foi reconhecido nesta manha de segunda-feira (3) pela Defesa Civil, o pedido de estado de emergência em dez municípios de Minas Gerais, em sete de setembro no Rio Grande do Sul e em São José Cerrito em Santa Catarina. Em Minas o problema é a seca e estiagem, já o Rio Grande do Sul sofre com as chuvas intensas e em Santa Catarina devido a chuvas de granizo.

De acordo com os dados relatados pela portaria da Secretaria Nacional de Proteção a Defesa Civil, publicada no Diário oficial da União, as cidades mineiras que decretaram estado de emergência foram: Bocaiúva, Comercinho, Ibiracatu, Joaquim Felício, Juramento, Malacacheta, Miravânia, Pai Pedro, Piumhi e Rio do Prado.

Foto: divulgação
Foto: divulgação

Está sendo esclarecido que no momento em que o decreto municipal é reconhecido em âmbito Federal, a prefeitura esta capacitada para pedir e receber recursos da União para a recuperação dos danos ou assistência técnica emergencial. Desde o começo do ano foram 200 municípios de Minas com estado de emergência decretado e apoiados pelo Governo Federal.

Segundo duas portarias do Ministério de Integração Nacional, já foram autorizados e destinados R$114 mil para as cidades de Tarauacá (AC) e Ipirá (SC), para a execução de serviços essenciais destinados aos prejudicados por chuvas e enchentes. O prazo determinado é de 180 dias para o cumprimento de obras e afazeres relacionados, todas as prefeituras terão que prestar contas do aproveitamento dos recursos em até 30 dias ao final do prazo de utilização.

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!