Home Notícias Saúde Consumir refrigerante diminui 4,6 anos de vida

Consumir refrigerante diminui 4,6 anos de vida

Consumir refrigerante diminui 4,6 anos de vida
Foto: divulgação
0

Entre 1999 e 2002, foram mais de cinco mil pessoas pesquisadas e tiveram o sangue analisado por pesquisadores dos Estados Unidos. A faixa etária é entre 20 e 65 anos e sem doença alguma. Já neste ano os pesquisadores fizeram novamente a análise do sangue dos mesmos entrevistados, e o resultado os surpreendeu, eles concluíram que 21% dos adultos beberam, no decorrer desses anos, uma lata ou mais de refrigerante. Além de causar diabetes e aumento de peso, consumir todo dia a bebida ocasionou também mudanças nos cromossomos.

Isso implica dizer que consumir essa quantidade de refrigerante diariamente contribuirá para o envelhecimento do nosso corpo. Mesmo que o processo de crescimento dos adultos tenha estagnado, as células continuam se multiplicando e se renovando. Quando elas fazem essas mudanças lentamente então os sintomas do envelhecimento chegam precocemente, segundo Ana Harb, professora de Nutrição da Unisinos.

Os cientistas calcularam que a cada ano de consumo diário do refrigerante quer dizer menos 4,6 anos de vida. Além da alteração genética ocasionada pela bebida, o individuo desenvolverá diabetes, doenças cardiovasculares e problemas renais antes da terceira idade.

De acordo com uma pesquisa britânica de 2010 utilizando ratos, foi comprovado que os animais iam ao falecimento cinco semanas mais cedo quando ingeriam muito fosfato. Essa substância está bastante disponível em vários tipos de bebidas industrializadas, principalmente as conhecidas como “zero açúcar”. Além de tudo, consumir ácido fosfórico em grande quantidade faz com que pele e músculos murchem, pois eles fazem o organismo desidratar.

O processo é reversível. Basta mudar o processo de alimentação antes de as doenças aparecerem, explica nutricionista. A mudança parece fácil, mas não deve ser, afinal de contas por ano mais de dois mil brasileiros morrem por complicações relacionadas a doença da obesidade.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!