Home Notícias Ciência Cientistas verificam autenticidade do “Evangelho da esposa de Jesus Cristo”

Cientistas verificam autenticidade do “Evangelho da esposa de Jesus Cristo”

Publicidade

Cientistas verificam autenticidade do “Evangelho da esposa de Jesus Cristo”
Foto: Reprodução / Actualidad RT
0
Publicidade

O “Evangelho da esposa de Jesus”, que sugere que Jesus Cristo possivelmente foi casado com Maria Madalena, ainda causa controvérsia entre os cientistas. Um novo estudo realizado por pesquisadores da Universidade Columbia pretende esclarecer se o papiro é autêntico ou falsificado.

Uma das linhas do papiro antigo, escrito em língua copta, diz “Jesus disse a eles, minha esposa…”, e foi interpretada pelo Professor Karen King da Universidade de Harvard, que descobriu o papiro como prova de que Jesus Cristo não era celibatário. No entanto, a autenticidade do papiro, cuja fonte também não é evidente, foi discutida várias vezes.

Veja também: The Lost Gospel: Novo livro afirma que Jesus Cristo casou com Maria Madalena e teve dois filhos

Agora, pesquisadores da Universidade Columbia estão realizando novos testes da tinta usada no texto e prometem publicar os resultados em uma revista científica. Sua evidência anterior, publicada em 2014, indica que o texto não é uma falsificação moderna, mas sim velha, segundo o site Ciência Viva.

No entanto, o pesquisador Christian Askeland, do Instituto para a Septuaginta e a Investigação de Textos bíblicos da cidade de Wuppertal, Alemanha, discordou deles. Ele estudou um segundo papiro que afirmou ser idêntico ao “Evangelho da Esposa de Jesus Cristo”, também conhecido como “Evangelho de Maria Madalena”, e que continha uma parte do “Evangelho de João”. Ele revelou que o papiro tem cerca de 1.200 anos de idade, embora a licopolitano, o antigo dialeto copta que foi escrito o papiro, deixou de existir três séculos antes. Assim, ambos são falsos papiros, concluiu.

Mas agora, James Yardley, da Universidade Columbia, revelou que a tinta do segundo papiro não coincide com o primeiro, e, portanto, o ‘”Evangelho da Esposa de Jesus Cristo” em si pode ser autêntico. Diante de todo esse impasse, existe bastante expectativa para a publicação dos pesquisadora da Universidade Columbia que deve sair em breve.

Com informações do Actualidad RT

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!