Home Notícias Mundo Cientistas capturam “Peixe-Alienígena” nas profundezas submarinas

Cientistas capturam “Peixe-Alienígena” nas profundezas submarinas

Cientistas capturam “Peixe-Alienígena” nas profundezas submarinas
Foto: Divulgação
0

Um grupo de cientistas conseguiu capturar o Dragão Negro, também conhecido como Peixe-Alienígena, no fundo do mar. Esse animal possui uma aparência horripilante e têm uma semelhança com o famoso monstro do filme Alien, um sucesso de bilheteria no mundo inteiro. As informações são do History Channel.

Os cientistas ficaram surpresos ao encontrar um espécime desse peixe, cujo nome científico é Idiacanthus Atlanticus, pois raramente ele abandona seu habitat natural, localizado a 2 mil metros da superfície aquática.

As fêmeas da espécie possuem barbilhão e dentes e podem chegar até 40 centímetros, enquanto os machos não possuem barbilhão, os dentes são escassos e só chegam a 5 centímetros. Foto: Divulgação
As fêmeas da espécie possuem barbilhão e dentes e podem chegar até 40 centímetros, enquanto os machos não possuem barbilhão, os dentes são escassos e só chegam a 5 centímetros. Foto: Divulgação

A espécie é considerada rara e possuí características pra lá de curiosas. Além de sua aparência extraterrena, uma curiosidade do Peixe-Alienígena é que as fêmeas, que possuem barbilhão e dentes, podem crescer até 40 centímetros, enquanto os machos só chegam aos 5 centímetros, sem barbilhão e com poucos dentes. Outro fato bastante curioso é que eles não possuem intestino funcional, por esta razão nunca comem e vivem o tempo suficiente apenas para acasalar.

Os Peixes-Alienígenas, como muitos dos que vivem em grandes profundezas, são capazes de gerar luz através de fotóforos biológicos. Entretanto, o que mais chama nossa atenção é a forma arrepiante de sua cabeça, de semelhança incrível com a do aterrorizante Alien, cujo primeiro filme foi realizado no final da década de 70.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!