Home Notícias Brasil Carros passarão a ter placa com novo padrão Mercosul a partir de 2017

Carros passarão a ter placa com novo padrão Mercosul a partir de 2017

Publicidade

Carros passarão a ter placa com novo padrão Mercosul a partir de 2017
Foto: Ministério das Cidades/Divulgação
0
Publicidade

Os veículos registrados no Brasil a partir de janeiro de 2017 passarão a adotar placas no padrão Mercosul, com fundo branco e sete caracteres combinando letras e números. O objetivo é facilitar a visualização e leitura das placas pela fiscalização eletrônica, além de dificultar, com a ajuda de alguns dispositivos de segurança, eventuais clonagens. A decisão é do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que publicou a Resolução 590/2016 em 27 de maio.

A nova placa terá margem azul superior, com o emblema do Mercosul à esquerda e o nome do país ao centro. A bandeira nacional ficará à direita da placa, e, abaixo dela, a bandeira da unidade da Federação e o brasão do município onde ocorrer o emplacamento.

Além disso, haverá linhas onduladas horizontais e marcas d’água com a logo do Mercosul, gravadas na película refletiva. Ela valerá para o Brasil, o Uruguai, o Paraguai, a Argentina e a Venezuela.

O tipo de veículo emplacado (se particular, comercial, oficial, etc), hoje identificado pela cor da placa, passará a ser identificado pela cor dos caracteres, uma vez que todas as placas serão brancas.

A mudança das placas dos veículos já emplacados ocorrerá à medida que for necessário substituir a placa ou os lacres, ou quando houver mudança de município. Espera-se, entretanto, que todos os veículos já circulem com as novas placas até o fim de 2020. Caso desejem, seus proprietários também poderão solicitar a nova placa, mantendo os mesmos caracteres já usados.

A Argentina já começou a substituir as placas dos seus carros. O Brasil adiou em uma ano a adoção da medida – inicialmente, estava prevista a adoção do novo modelo já em janeiro deste ano.

Entenda o que muda com o novo modelo de placas:

1- Mais letras e menos números
Em vez de 3 letras e 4 números, como é hoje, as novas placas terão 4 letras e 3 números, e poderão estar embaralhados, assim como na Europa;

2- Novas cores
A cor do fundo das placas será sempre branca. O que varia, é a cor da fonte. Para veículos de passeio, cor preta, para veículos comerciais, vermelha, carros oficiais, azul, em teste, verde, diplomáticos, dourado e de colecionadores, prateado;

3- Estado e cidade com nome e brasão
O nome do país estará na parte superior da patente, sobre uma barra azul. Nome da cidade e do estado estarão na lateral direita, acompanhados dos respectivos brasões;

4- Tamanho
A placa terá as mesmas medidas das já utilizadas no Brasil (40 cm de comprimento por 13 cm de largura);

5- Contra falsificações
Marcas d’água com o nome do país e do Mercosul estarão grafadas na diagonal ao longo das placas, com o objetivo de dificultar falsificações;

6 – Quem terá que trocar
O modelo será adotado a partir de 2017 para novos emplacamentos. Para quem tem carro já emplacado, a troca é opcional.

No Brasil, a placa terá uma tira holográfica do lado esquerdo e um código bidimensional que conterá a identificação do fabricante, a data de fabricação e o número serial da placa. A tira é uma maneira de evitar falsificação da placa.

Publicidade

Rafael Nicácio Editor e repórter do Portal N10. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do RN) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN).
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!