Home Notícias Brasil RN Bombeiros e policiais militares aceitam proposta do Governo do RN e desmontam acampamento

Bombeiros e policiais militares aceitam proposta do Governo do RN e desmontam acampamento

Publicidade

Bombeiros e policiais militares aceitam proposta do Governo do RN e desmontam acampamento
Reunião aconteceu nesta quarta-feira (19) na sede da Governadoria (Foto: Rayane Mainara )
0
Publicidade

A negociação entre o Governo do Estado e os militares chegou a um desfecho. Após reunião realizada nesta quarta-feira, 19, a categoria decidiu desfazer o acampamento montado em frente à sede da Governadoria, no Centro Administrativo. Apenas um dos três pleitos não foi atendido, por ser comum a várias categorias e ter forte impacto financeiro.

O Governo do Estado, através da Chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, reafirmou durante o encontro que fará, já no mês de setembro, a reposição salarial de 9% prevista na Lei complementar 514/2014 – acordada ainda na gestão passada -, e o pagamento, em folha suplementar, das remunerações de acordo com o posto e graduação dos 1.353 militares, entre oficiais e praças, promovidos em abril de 2015. Quanto às promoções realizadas no período de 2012 a 2014, o Governo propôs que estes vencimentos sejam regularizados em duas datas, outubro e novembro de 2015.

Já as promoções ex officio, que envolvem atualmente 3.967 militares, ocorrerão em quatro datas. A primeira neste mês de agosto, quando serão promovidos 843 militares, e as demais nos meses de dezembro de 2015, abril e agosto de 2016. Em cada uma das três últimas datas devem ser promovidos 1.113 militares.

“A crise financeira impede a concessão do enquadramento dos níveis remuneratórios, uma vez que este pleito é semelhante ao de várias outras categorias e excede a capacidade fiscal do Estado”, assinalou Tatiana Mendes, sinalizando que o pleito voltará à mesa de negociação, logo que seja ultrapassada a crise financeira do Estado.

Também participaram da reunião, o secretário adjunto de Segurança, Caio Bezerra, o consultor Geral do Estado, Eduardo Nobre, o secretário de Planejamento, Gustavo Nogueira, o adjunto da Administração, Marcelo Marcony, e os comandantes gerais da Polícia Militar, Coronel Ângelo Mário de Azevedo, e do Corpo de Bombeiros, Coronel Otto Ricardo Saraiva.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!