Home Notícias Brasil RS Anúncio de empresa à procura de garçonete “dá o que falar” em rede social

Anúncio de empresa à procura de garçonete “dá o que falar” em rede social

Publicidade

Anúncio de empresa à procura de garçonete “dá o que falar” em rede social
Foto: divulgação
0
Publicidade

Na rede social a semana já começou pesada, pois uma empresa de Pelotas, no Rio Grande do Sul, postou um anúncio procurando uma garçonete, e isso foi motivo para gerar polêmica na internet. Os usuários do facebook acusaram a produtora de machismo pelo fato de estar mostrando uma modelo que estava com pouca roupa e em pose sensual. E ainda mais, a empresa exigia que as candidatas ao emprego enviassem um currículo com foto.

A produtora especializada em web estava à procura de uma garçonete para servir aos funcionários na festa de fim de ano. A imagem do anúncio era de uma modelo vestida de garçonete fazendo pose sensual ao servir uma caneca de cerveja. A produtora também exigia que as candidatas mandassem um currículo com foto. Para trabalhar, a contratada receberia o valor de R$ 200 e gorjetas, das 18h a 0h.

Alguns internautas ficaram indignados com o anúncio e promoveram um debate na página da empresa no Facebook. Mensagens informando que a produtora estava colocando as mulheres em posição de objeto sexual, pois estavam usando a aparência física das candidatas como critério de escolha. Outros usuários deram exemplos de que esse tipo de atitude reforça ainda mais o machismo que as mulheres enfrentam no dia a dia.

As pessoas em determinado momento, que tinham opiniões distintas sobre o machismo chegaram a ofender uns aos outros. Após a confusão o anúncio foi retirado do ar. Quando procurada, a produtora não retornou as mensagens da reportagem do R7.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!