Home Notícias Mundo “Abra a maldita porta!” caixa preta do A320 revela os últimos minutos do avião, confira

“Abra a maldita porta!” caixa preta do A320 revela os últimos minutos do avião, confira

Publicidade

“Abra a maldita porta!” caixa preta do A320 revela os últimos minutos do avião, confira
O presidente da França, François Hollande, afirmou que as “as condições do acidente fazem pensar que não há nenhum sobrevivente” entre as 150 pessoas a bordo do avião da companhia Germanwings (Foto: Reprodução)
0
Publicidade

As dramáticas gravações da caixa preta do avião da Germanwings, que caiu no dia 24 de março no sul da França, mostram as tentativas desesperadas do comandante para ter acesso ao cockpit e recuperar o controle da aeronave. A gravação da caixa preta começa com as palavras do piloto da Germanwings, Patrick Sondheimer, que pede desculpas aos passageiros pelo atraso de 26 minutos para deixar Barcelona e promessas para chegar a tempo em Dusseldorf, revela o jornal Bild.

Nos próximos 20 minutos, o piloto e o copiloto Andreas Lubitz têm uma conversa normal. O piloto, entre outras coisas, diz que “eles não tiveram tempo de ir ao banheiro” no aeroporto.

10:27 O Airbus A320 atinge uma altura de 11.600 metros e o piloto pede para Lubitz preparar o desembarque em Dusseldorf, que por sua vez, garante a Sondheimer que ele “pode ​​ir ao banheiro”. Um ruído é ouvido, ele se move e fecha a porta. Andreas Lubitz assume.

10:29 O avião começa a descer.

10:32 Os controladores de tráfego aéreo franceses tentam contactar a aeronave, mas não houve resposta. Ao mesmo tempo, o alarme começa a tocar no avião.

Poucos minutos depois, um “barulho alto” é gravado como se alguém tentasse entrar na cabine, que já havia sido fechada por Lubitz: “Pelo amor de Deus, abra a porta”. Gritos de passageiros são ouvidos ao fundo.

10:35 São ouvidos “Golpes metálicos contra a porta”, possivelmente com um machado.

10:37 Outro alarme soa: o avião está há 2.200 metros de altitude e o comandante grita “Abra a maldita porta!”.

10:38 É ouvido a respiração silenciosa  do copilotoque dirige o avião para os Alpes.

10:40 Uma das asas do avião toca nas montanhas. A última gravação de som são os gritos desesperados dos passageiros. O acidente tirou a vida de todos os passageiros.

Ao mesmo tempo, o jornal Bild revelou que o co-piloto Andreas Lubitz estava sendo tratado por um possível descolamento de retina que o fez temer o fim de sua carreira na aviação. Portanto, esse problema poderia ter feito o impossível para Lubitz passar o próximo exame médico em junho deste ano.

As informações são do Actualidad RT.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!