Portal N10

Processo contra Michael Jackson por abuso sexual de um menor é negado

Um juiz em Los Angeles rejeitou uma ação judicial contra Michael Jackson por um suposto crime de abuso sexual de menor, de acordo com o ‘TMZ’. A queixa contra o cantor foi feita em 2013 pelo coreógrafo australiano Wade Robson, que disse ter sido abusado por ele quando criança.

Em seus argumentos, a juíza do Tribunal Superior do Condado de Los Angeles, Mitchell L. Beckloff, considerou que duas empresas pertencentes a Jackson eram as únicas duas partes da defesa restante no caso. Assim eles não podem ser julgados como responsáveis ​​pelo comportamento alegado do artista com Robson.

Desta forma, o juiz não entrou para considerar se as acusações de abuso sexual eram verdadeiras ou não.

Robson, que agora tem 35 anos, visitou quando criança muitas vezes a Neverland, a famosa residência do cantor. Ele foi uma testemunha chave no julgamento de Michael Jackson contra pedofilia, em 2005, em um processo legal do qual ele foi considerado não culpado e em que Robson negou que o artista o vencesse.

Posteriormente, Robson apresentou sua própria queixa.

Destacada como uma das figuras mais importantes da música popular do século XX, Michael Jackson morreu em junho de 2009, aos 50 anos, devido a uma overdose de drogas. Na época ele estava preparar ando uma série de shows em Londres para retornar aos palcos.

Leave A Reply

Your email address will not be published.