Os atletas que mais ganham com patrocínio no mundo

Os atletas que mais ganham com patrocínio no mundo

julho 16, 2018 0 Por Romário Nicácio

Além dos salários, jogadores de diferentes modalidades ganham patrocínio individual de diversas marcas. Na Copa de 2018, por exemplo, de acordo com o site Poder 360, 25 dos jogadores mais bem pagos da competição utilizavam Nike. Em seguida, estão adidas e Puma.

Para não conflitar com o patrocínio da camiseta do time, normalmente os jogadores de futebol usam as chuteiras de uma determinada marca para exibir a empresa pela qual é patrocinado. No caso da seleção brasileira, o domínio da Nike é ainda maior: 16 dos 23 jogadores usam tênis Nike masculino. A empresa é responsável por 56% do material esportivo das 25 maiores estrelas do futebol mundial, como Neymar (Brasil), Philippe Coutinho (Brasil), Cristiano Ronaldo (Portugal) e Harry Kane (Inglaterra).

A adidas é a segunda empresa que mais cede materiais esportivos, patrocinando 36% dos atletas mais caros da competição – entre eles, Lionel Messi (Argentina) e Mohamed Salah (Egito). A empresa também é a que mais fornece equipamentos esportivos às seleções e a responsável pelo desenvolvimento da bola do mundial desde 1970. A Puma só fica em terceiro lugar, patrocinando os atacantes Antoine Griezmann (França) e Sergio Agüero (Argentina).

Mas o maior campeão de patrocínios não vem do futebol. O tenista Roger Federer ganhou US$ 58 milhões só em 2015, de acordo com uma pesquisa da plataforma online de campanhas esportivas Opendorse. Em segundo e terceiro lugares, estão os atletas de golfe Tiger Woods e Phil Mickelson, com um ganho de US$ 50 milhões e US$ 44 milhões, respectivamente.

Do top 15 elaborado pela empresa, ainda estão mais três tenistas: Novak Djokovic (7ª posição), Rafael Nadal (8ª), e Maria Sharapova (12ª). No futebol, temos Cristiano Ronaldo na 9ª colocação, Lionel Messi, na 13ª, e o brasileiro Neymar, na 15ª. O basquete é outro esporte que ganha destaque, com três jogadores: Lebron James, na 4ª colocação, seguido por Kevin Durant, em 5º, e Kobe Bryant, hoje aposentado, em 11º.

Confira o top 15:

1°) Roger Federer

Ganhos em patrocínios: US$ 58 milhões

Esporte: tênis

País: Suíça

Principais patrocinadores: Nike, Rolex, Credit Suisse e Mercedes-Benz

2°) Tiger Woods

Ganhos em patrocínios: US$ 50 milhões

Esporte: golfe

País: Estados Unidos

Principais patrocinadores: Nike, Upper Deck e Rolex

3°) Phil Mickelson

Ganhos em patrocínios: US$ 44 milhões

Esporte: golfe

País: Estados Unidos

Principais patrocinadores: Callaway, Barclays, Exxon Mobile e Rolex

4°) Lebron James

Ganhos em patrocínios: US$ 44 milhões

Esporte: basquete

País: Estados Unidos

Principais patrocinadores: Nike, McDonald’s, Coca-Cola, Samsung, Beats by Dre, Upper Deck, Tencent

5°) Kevin Durant

Ganhos em patrocínios: US$ 35 milhões

Esporte: basquete

País: Estados Unidos

Principais patrocinadores: Nike, 2K Sports, Panini, BBVA e Sprint

6°) Rory Mcllroy

Ganhos em patrocínios: US$ 32 milhões

Esporte: golfe

País: Irlanda

Principais patrocinadores: EA Games, Omega, Bose e Upper Deck

7°) Novak Djokovic

Ganhos em patrocínios: US$ 31 milhões

Esporte: tênis

País: Sérvia

Principais patrocinadores: ANZ, Jacob’s Creek, Peugeot e Seiko

8°) Rafael Nadal

Ganhos em patrocínios: US$ 28 milhões

Esporte: tênis

País: Espanha

Principais patrocinadores: Kia, Nike e Drasanvi

9°) Cristiano Ronaldo

Ganhos em patrocínios: US$ 27 milhões

Esporte: futebol

País: Portugal

Principais patrocinadores: Samsung, TAG Heuer, Herbalife e Nike

10°) Mahendra Singh Dhoni

Ganhos em patrocínios: US$ 27 milhões

Esporte: críquete

País: Índia

Principais patrocinadores: Reebok e Pepsi

11°) Kobe Bryant

Ganhos em patrocínios: US$ 26 milhões

Esporte: basquete

País: Estados Unidos

Principais patrocinadores: Nike, Lenovo, Hublot e Panini

12°) Maria Sharapova

Ganhos em patrocínios: US$ 23 milhões

Esporte: tênis

País: Rússia

Principais patrocinadores: Nike, Head, Avon, Porsche, Tag Heuer e Evian

13°) Lionel Messi

Ganhos em patrocínios: US$ 22 milhões

Esporte: futebol

País: Argentina

Principais patrocinadores: Turkish Airlines, Audemars Piguet, adidas, EA Games, Gillette e Pepsi

14°) Usain Bolt

Ganhos em patrocínios: US$ 21 milhões

Esporte: corrida

País: Jamaica

Principais patrocinadores: Gatorade, Hublot, Virgin Media e Visa

15°) Neymar

Ganhos em patrocínios: US$ 17 milhões

Esporte: futebol

País: Brasil

Principais patrocinadores: Nike, Rexona, Listerine, Volkswagen e Panasonic