Ídolo do Barcelona, Iniesta revela ter tido depressão em melhor momento da carreira

Ídolo do Barcelona, Iniesta revela ter tido depressão em melhor momento da carreira

Ídolo do Barcelona, Iniesta revela ter tido depressão em melhor momento da carreira

Rafael Nicácio novembro 27, 2018 Futebol Internacional

(ANSA) – Um dos maiores ídolos da história do Barcelona, o meio-campista Andrés Iniesta revelou nesta segunda-feira (26) que teve depressão em um dos principais momentos de sua carreira.

Segundo o atleta de 34 anos, tudo começou no fim da temporada 2008/09, quando ele conquistou pelo Barcelona a famosa tríplice coroa: Campeonato Espanhol, Copa do Rei e Liga dos Campeões.

“As pessoas movem-se pelo sonho, e em uma situação como aquela você não tem nada, não sente as coisas. O que eu mais queria era que chegasse a noite para tomar um comprimido e poder descansar”, revelou Iniesta, em entrevista à rádio “La Sexta“.

“Quando se sofre de depressão, você não é mais você. Quando se está tão vulnerável, é difícil controlar momentos da vida”, acrescentou o craque espanhol.

O jogador ainda revelou que passou por um tratamento com uma psicóloga e que o drama coincidiu com a morte de um grande amigo, Daniel Jarque.

Em agosto de 2009, o zagueiro sofreu uma parada cardíaca em um quarto de hotel em Florença, na Itália, durante a pré-temporada de sua equipe, o Espanyol.

Atualmente, Iniesta defende o Vissel Kobe, do Japão, e marcou dois gols em 13 partidas. O ex-jogador do Barça atua ao lado do alemão Lukas Podolski, e sua equipe está na 11ª posição no Campeonato Japonês.

Sobre sua ida ao futebol asiático, Iniesta revelou que gostaria de atuar a carreira inteira pelo Barcelona, mas que não sentia que conseguiria dar 100% na equipe catalã.

Outros artigos