Hotéis para animais são autuados por funcionamento irregular no RN
Imagem de greghristov por Pixabay

Hotéis para animais são autuados por funcionamento irregular no RN

outubro 20, 2020 0 Por Rafael Nicácio

A Fiscalização do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Norte (CRMVRN) autuou 9 hotéis para pets no estado, em 2020, por funcionarem de forma irregular, sem ter registro e um médico-veterinário como responsável técnico. A autarquia federal alerta aos tutores sobre os riscos de deixar o animal de estimação em um estabelecimento que não segue todas as normas.

Dos nove estabelecimentos encontrados em infração, oito foram autuados entre os meses de julho e agosto. Sete deles, em Natal. Após serem fiscalizados e autuados, os estabelecimentos em questão têm 30 dias para se regularizar ou serão multados.

Na semana passada, um caso de maus-tratos em estabelecimento que hospeda animais foi registrado em Vila Velha, no Espírito Santo. O hotel já havia sido notificado e multado pelo CRMV-ES, mas continuava funcionando de maneira irregular. O caso está sendo investigado pelas autoridades daquele estado.

O CRMV-RN reforça que estabelecimentos deste tipo precisam ser registrados no Conselho e ter um médico-veterinário inscrito no regional como Responsável Técnico. O trabalho do RT visa garantir a saúde dos animais, evitar transmissão de doenças, orientar os colaboradores quanto às boas-práticas, além de prevenir os maus-tratos.

“O registro junto ao CRMV-RN comprova ao cidadão que está buscando o serviço que o estabelecimento é fiscalizado periodicamente e mantém um médico-veterinário responsável técnico. O hotel registrado recebe um certificado de regularidade, que deve ficar exposto ao consumidor”, apontou o assessor de Fiscalização do CRMV-RN, Igor Medeiros.

Atualmente, há sete estabelecimentos devidamente regularizados no CRMV-RN, com registro e a atuação de um médico-veterinário como Responsável Técnico. Ao procurar o serviço, o consumidor deve exigir o certificado de regularidade.

Hotéis para animais são autuados por funcionamento irregular no RN