Esporte

Gabriel Medina conquista título inédito no surfe

Dia 19 de dezembro de 2014, um dia histórico para o esporte brasileiro! Graças a Gabriel Medina, que se tornou campeão mundial de surfe, na praia de Pipeline, no Havaí.

Gabriel desbancou nada mais nada menos do que uma das lendas do surfe da atualidade, o norte-americano Kelly Slater, que tem 42 anos de idade. Medina contou com uma baita ajuda de um compatriota, Alejo Muniz, que na 5º bateria da etapa da disputa em Pipeline, eliminou Mick Fanning, que tem 33 anos de idade, e que era o único que de fato ameaçava o título inédito de Medina.

Gabriel Medina, campeão mundial de surfe (Foto: Thiago Bernardes/ AE)
Gabriel Medina, campeão mundial de surfe (Foto: Thiago Bernardes/ AE)

A quatro anos o paulista nascido em Maresias, Gabriel Medina, disputa competições da elite do surfe mundial, e sua melhor posição alcançada ao fim da competição tinha sido um 7° lugar em 2012. Uma curiosidade que ao mesmo tempo é uma coincidência, é que Medina conquistou seu primeiro mundial com 20 anos de idade, a mesma da conquista de Slater em 1992.

Gabriel Medina merece os parabéns não só pelo título, mas também por dar destaque ao Brasil no cenário internacional em um esporte que não tem de fato os investimentos que merece, como os feitos no futebol, por exemplo.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Romário Nicácio

Administrador de Redes. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento. Redator de sites desde 2009, passando pelo Notícias da TV Brasileira (NTB), Blog Psafe e vários outros de temas variados. E-mail: romario@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.