Santos perde por 3×0 para o Fluminense e se complica no Brasileirão

Contra o Santos na Vila Belmiro, o Fluminense quebrou um tabu que durava mais de 8 anos, a última vitória contra o Peixe em casa tinha sido em 2014.
Santos perde por 3x0 e se complica no Brasileirão (Fotos: Raul Baretta/ Santos FC)
Santos perde por 3x0 e se complica no Brasileirão (Fotos: Raul Baretta/ Santos FC)

A noite desta quarta-feira (29), foi de decepção para o torcedor Santista que compareceu a Vila Belmiro. Diante do Fluminense, em partida válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Santos foi derrotado por 3×0.

Ocupando a 15ª posição, com apenas dois pontos de diferença para a Zona de Rebaixamento, o Santos precisava buscar a vitória em casa para encaminhar a permanência no Brasileirão. Enquanto isso, usando a competição como uma “pré-temporada de luxo” para a disputa do Mundial de Clubes, o Fluminense, em 7º na tabela, chegou sem peso para encarar o Peixe na Vila.

Enquanto o Santos, do técnico Marcelo Fernandes contava com Soteldo e Marcos Leonardo como armas principais para a vitória. No Fluminense, o técnico Fernando Diniz mandou a campo quase todo o seu time titular.

Santos x Fluminense

Na teoria, o Santos teria boas chances contra os Campeões da Libertadores, sustentando um tabu de oito anos invicto como mandante contra o Tricolor Carioca, na prática as coisas foram bem diferentes. Engolido em campo, o Peixe viu o Fluminense abrir o placar antes dos 10 minutos de jogo.

Marcelo Fernandes contava com Soteldo e Marcos Leonardo como armas principais para a vitória (Fotos: Raul Baretta/ Santos FC)
Marcelo Fernandes contava com Soteldo e Marcos Leonardo como armas principais para a vitória (Fotos: Raul Baretta/ Santos FC)

Aos 09′ minutos do primeiro tempo, Martinelli trocou passes com Arias e avançou livre sem ser pressionado pela marcação Santista. Da entrada da área o volante soltou a bomba de peito de pé no cantinho direito do goleiro João Paulo, que não conseguiu alcançar, abrindo o placar na Vila.

Na sequência, aos 35 minutos, seria a vez do colombiano, Jhon Arias ampliar a vantagem tricolor. Após troca de passes na defesa, André acionou Diogo Barbosa, que avançou a linha de fundo e cruzou para Arias cabecear com força e sem defesa para o goleiro santista.

Após o intervalo, já perdendo por dois gols de desvantagem, o Santos ainda tentou reagir, mas pouco conseguiu fazer contra o controle de bola do Tricolor. Trocando passes e construindo jogadas, o Fluminense alcançou mais de 70% da posse de bola da partida.

Dessa forma, ainda aos 13 minutos do segundo tempo, o artilheiro Tricolor, Germán Cano, fechou o placar do jogo. Sufocando o Peixe, o Flu aproveitou um rebote no ataque e trocou passes. De pé em pé, Ganso para Arias, dele para Martinelli, do volante para Lima até a chegada de Cano, que recebeu sozinho e completou para o gol santista. Final Santos 0x3 Fluminense!

Santos x Fluminense na avaliação dos treinadores

Após o jogo, em entrevista coletiva, Marcelo Fernandes, no Santos, e Fernando Diniz, do Fluminense, fizeram as suas respectivas análises da partida. Na visão do comandante Santista, o primeiro tempo abaixo do Santos foi o que mais pesou no resultado.

“Não posso falar uma vírgula do que tentaram fazer, correram, mas de forma errada no primeiro tempo. O nosso campeonato todo mundo sabe qual é. O Fluminense é uma grande equipe, campeã da América, não vou tirar o mérito. A gente tentou no segundo tempo, teve bolas na trave, mas o primeiro tempo foi preponderante”, analisou o treinador do Peixe.

Na avaliação de Diniz, o Fluminense poderia ter conseguindo um resultado ainda melhor. Principalmente após os minutos iniciais da segunda etapa.

“Gostei do time, principalmente o primeiro tempo, em especial os 30 primeiros minutos. Depois poderíamos ter acelerado mais. Conseguíamos desenvolver a ideia e poderia ter sido ainda mais agressivo no fim do primeiro tempo. No segundo tempo o Santos voltou bem melhor, tiveram chance de marcar, não marcaram e depois que passou os 10 primeiros minutos. Fizemos o terceiro gol e poderia ter feito o quarto. De maneira geral fiquei contente com o time”, avaliou o técnico do Tricolor.

Contra o Santos, Germán Cano alcançou o seu gol de número 40 na temporada. (Foto de Lucas Merçon/Fluminense FC)
Contra o Santos, Germán Cano alcançou o seu gol de número 40 na temporada. (Foto de Lucas Merçon/Fluminense FC)

Diniz, ainda falou sobre o compromisso ético assumido pela equipe. Mesmo sem brigar por mais nada no Brasileirão, o time quer entregar o seu melhor possível nas rodadas finais.

“Temos um compromisso muito grande com o futebol e a ética do jogo. Depois da Libertadores nos comprometemos a jogar da melhor forma possível. Nesse momento a gente falou que queria entregar tudo e se preparar para a estreia do Mundial”, finalizou Diniz.

Tabela do Brasileirão e próximos jogos

O resultado da partida em nada alterou as posições de Santos e Fluminense, que seguem como 15º e 7º, respectivamente, na tabela do Brasileirão. Apesar disso, foi o Peixe quem levou a pior pensando na sequência do Campeonato Brasileiro, que tem apenas mais duas rodadas a serem disputadas.

Com apenas dois pontos para separá-lo da zona de rebaixamento, o Santos perdeu uma importante chance em casa. Assim, terá agora apenas mais duas oportunidades para garantir a permanência na competição, contra o Athletico-PR, na Ligga Arena, e contra o Fortaleza, retornando a Vila Belmiro para uma última atuação.

Já o Fluminense segue cumprindo tabela em sua preparação para o Mundial de Clubes. Contra o Palmeiras, no Allianz Parque, e contra o Grêmio, no Maracanã, Diniz pode continuar o rodízio de jogadores e finalizar a preparação da equipe. Vale lembrar que os comandados de Diniz não foram derrotados desde a final da Conmebol Libertadores, quando venceram o Boca Juniors. De lá para cá, essa já é a terceira vitória seguida do Flu, que conta também com dois empates na série invicta.

COMPARTILHE: