Brasil estreia com goleada na Copa do Mundo Feminina

A vitória por 4x0 sobre o Panamá teve como destaque a atuação de Ary Borges, que marcou três gols e deu uma assistência
Seleção Brasileira estreia com goleada na Copa do Mundo Feminina (Foto: Thais Magalhães/CBF)
Seleção Brasileira estreia com goleada na Copa do Mundo Feminina (Foto: Thais Magalhães/CBF)

Na manhã desta segunda-feira (24), a Seleção Feminina do Brasil estreou com goleada na Copa do Mundo de Futebol Feminino da FIFA 2023. Diante do Panamá, as brasileiras marcaram quatro gols e garantiram uma estreia com atuação de gala.

Melhor em campo desde o primeiro minuto da partida, a Seleção amassou o Panamá, não só no número de gols, mas nas finalizações. Na partida, o Brasil levou perigo a meta adversária em incríveis 32 oportunidades, sendo 10 delas no gol defendido por Yineth Bailey.

A goleira panamenha evitou o que poderia ser um placar ainda mais elástico para o Brasil. Mas não poderia evitar a noite inspirada de Ary Borges.

A atacante brasileira marcou três gols e deu uma assistência garantindo a goleada na estreia da Seleção. Aos 30’ minutos do segundo tempo, ela ainda daria lugar para a Rainha Marta, que apesar de uma atuação discreta, estreou bem e foi ovacionada ao entrar em campo na sua sétima Copa do Mundo.

Com o resultado a Seleção começa com o “pé direito” e garante os primeiros três pontos na fase de grupos do torneio. Atualmente o Brasil é o líder do Grupo F, seguido por França, Jamaica e Panamá.

Como foi Brasil x Panamá?

Com Marta iniciando no banco, o protagonismo da Seleção dentro de campo foi de Ary Borges. Ao lado da ex-companheira do Palmeiras, Bia Zaneratto, a atacante maranhense de apenas 23 anos e 1,63m, teve uma estreia de gigante no ataque da Amarelinha.

Logo aos 19′ minutos de jogo, o Brasil, que já martelava a defesa panamenha, abriu o placar do jogo com Ary Borges. A atacante recebeu um belo cruzamento de Debinha pela esquerda e cabeceou sozinha por trás da defesa.

Na sequência em novo cruzamento pela esquerda, dessa vez de Tamires, Ary Borges apareceu de cabeça mais uma vez na pequena área. A goleira do Panamá, Yineth Bailey até defendeu em um primeiro momento, mas no rebote a atacante brasileira mandou de direita a bola para o fundo do gol aos 38 minutos da primeira etapa.

O Brasil continuava sendo a melhor equipe em campo e amassava o Panamá, criando uma oportunidade atrás da outra. Além disso, a Seleção jogava um futebol bonito, alegre, com dribles e muito ofensivo.

Nesse sentido, o terceiro gol brasileiro foi uma verdadeira obra de arte. Lançada na ponta esquerda, Debinha recebeu a bola, passou para Adriana, que devolveu de letra para ponta esquerda cruzar. Dentro da área Ary Borges recebeu e ajeitou de calcanhar para Bia Zaneratto marcar o dela, aos 3′ minutos do segundo tempo.

Para fechar a conta para o Brasil, aos 25’ minutos do segundo tempo, Ary Borges novamente marcaria, o que seria o terceiro dela. “Para variar”, em cruzamento na área pelo lado esquerdo, a atacante recebeu a bola de Geyse e cabeceou para o gol entre as pernas da goleira do Panamá. Final Brasil 4×0 Panamá.

Próximo jogo da Seleção

A agora o Brasil volta a campo no sábado (29), às 7h00 (horário de Brasília), contra a França. A partida acontece no estádio Suncorp, na cidade de Brisbane, na Austrália. Para o confronto, as brasileiras terão a Seleção Francesa, que era pontada até então como favorita do grupo.

COMPARTILHE: