Notícias

Diabetes: o que é e sintomas

diabetes-o-que-e

Você conhece alguém que tem diabetes? Sabe como identificar essa doença? É disso que trataremos aqui.

O que é o diabetes?

Diabetes é uma doença crônica, em que a capacidade de utilizar o açúcar do sangue, chamado glicose, é prejudicada. Com isso, a taxa de glicose sanguínea aumenta, e por isso a enfermidade é popularmente conhecida como o excesso de açúcar no sangue.

Estima-se que 4 a 8% da população tem diabetes, ou seja, cerca de 13 milhões de brasileiros, e quase metade deles não sabe que porta a doença.

O diabetes recebeu esse nome no século II d.C., quando perceberam que a urina dos diabéticos era açucarada, depois disso vários relatos foram feitos de que havia mais açúcar na urina do diabético, principalmente pelo fato dela atrair formigas, mas apenas no século XVII um pesquisador experimentou a urina de um paciente diabético e constatou que ela era doce como o mel.

Sintomas do diabetes

São os principais:

  • Ter muita sede
  • Urinar muito
  • Ter visão embaçada

Sintomas menos comuns, mas que ocorrem principalmente em crianças e adolescentes acometidos pelo tipo 1 da doença são:

  • Perda de peso
  • Náuseas e vômitos
  • Dor abdominal (em casos mais graves)

Para manifestar esses sintomas, o diabetes geralmente precisa estar descompensado, porém, na maioria dos casos ele é assintomático, e por isso muitos não dão a devida importância para procurar ajuda médica e iniciar o tratamento.

Se não tratado adequadamente, o excesso de açúcar no sangue gradualmente prejudica vários órgãos, por exemplo, aumenta a chance de infarto e de acidente vascular cerebral (AVC).

Nos rins o diabetes é a principal causa de insuficiência renal, doença que demanda hemodiálise, e em alguns casos até transplante renal.

Nas mãos e nos pés o diabetes causa problemas nos nervos, diminuindo a sensibilidade das extremidades, e nas pernas, isso juntamente com a má-circulação pode levar à formação de feridas de difícil cicatrização, eventualmente exigindo amputação do pé ou de parte da perna.

Nos olhos o diabetes causa prejuízo a diversas estruturas, inclusive à retina, podendo levar a cegueira.

Outros males que podem decorrer do diabetes são: disfunção erétil, problemas auditivos, e até risco aumentado de alguns tipos de câncer.

Os danos aos órgãos geralmente são permanentes, difíceis de reverter mesmo com tratamento, que, se adequado (e principalmente precoce), reduz a concentração de glicose no sangue para níveis próximos dos normais, e também o aparecimento dos sintomas e das complicações citadas.

Se você tem diabetes em grau avançado, não desanime, controlar a doença vale a pena, pois pode evitar piora dos sintomas.

Como saber se tenho diabetes?

Para isso fazem-se exames de sangue, são eles glicemia de jejum e hemoglobina glicada, porém, em alguns casos muito sintomáticos é possível fazer o diagnóstico mesmo com um único exame (se este apontar alteração grave).

De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, se a glicemia de jejum for maior ou igual a 126mg/dL, ou a concentração de hemoglobina glicada for maior ou igual a 6,5%, tem-se o diagnóstico de diabetes.

Fatores de risco

Está recomendado fazer esses exames quem:

  • Tem acima de quarenta e cinco anos
  • Tem sobrepeso
  • Tem parente de primeiro grau portador de diabetes
  • Tem hipertensão arterial
  • Tem colesterol elevado
  • É sedentário
  • Tem síndrome dos ovários policísticos
  • Teve diabetes gestacional, mesmo que a taxa de glicose tenha voltado à valores normais após a gravidez

Se você não está em nenhum desses grupos, procure um médico (de preferência um endocrinologista) para que ele o avalie e indique se é necessário fazer exames.

*Texto produzido em parceria com o Portal Leet Doc

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.