Beyoncé homenageia atleta da NFL

Beyoncé fez uma aparição surpresa na cerimônia do Sports, a “Illustrated’s Sportsperson of the Year”, na noite de terça-feira (05), em Nova York. Ela prestou homenagem a Colin Kaepernick com louvor por seu ativismo. O campeão da NFL fez um protesto contra racismo em 2016. Na ocasião ele se ajoelho e se recusou a cantar o hino dos Estados Unidos. Depois do protesto ele foi ameaçado de morte.

“Obrigada, Colin Kaepernick, obrigado por seu coração altruísta e sua convicção, obrigada pelo seu sacrifício pessoal”, disse Beyoncé em um vídeo do público. “Colin tomou medidas sem medo de consequências ou repercussão, apenas na esperança de mudar o mundo para melhor, mudar a percepção e a maneira como nos tratamos, especialmente as pessoas de cor. Nós ainda estamos esperando que o mundo entenda isso. Dizem que o racismo é tão americano que, quando protestamos contra o racismo, alguns acreditam que estamos protestando contra a América”, pontuou Beyoncé.

Vale a pena mencionar que Kaepernick deixou o time 49ers em 2016 e ainda não se demitiu. De acordo com a Rolling Stone, Colin Kaepernick apresentou uma queixa de colusão contra os proprietários da NFL. “Eu não vou defender o orgulho de uma bandeira para um país que oprime pessoas negras e pessoas de cor”, disse ele na época.

Veja o momento especial da homenagem abaixo:

 

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!