Justiça emite ofício para bloquear bens de Neymar

(ANSA) – A Justiça Federal emitiu uma série de ofícios nesta segunda-feira (15) para bloquear diversos bens do jogador Neymar, em um valor total que atinge R$ 192 milhões.

Entre os bloqueios, estão o jatinho e o iate do atacante – além de imóveis em São Paulo e em Santa Catarina, O pedido para bloqueio de bens foi realizado pela Procuradoria da Fazenda Nacional sob a acusação de que o atleta e seus parentes não quitaram dívidas de impostos entre os anos de 2011 e 2013. O valor dessa evasão seria de R$ 63,6 milhões.

A resolução desta segunda-feira é o desdobramento do anúncio feito em 25 de setembro do ano passado, quando o Tribunal Regional Federal da 3ª região ordenou o bloqueio de R$ 188 milhões – o valor acima dos R$ 190 milhões é o corrigido pela Receita após um reajuste. O jogador e seus representantes legais negam qualquer irregularidade no pagamento de impostos durante os anos em que Neymar atuou no Santos.

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!