Jogo da Copa América arrecada maior renda da história do futebol brasileiro

Jogo da Copa América arrecada maior renda da história do futebol brasileiro

Jogo da Copa América arrecada maior renda da história do futebol brasileiro

Rafael Nicácio junho 15, 2019 Copa América 2019

(ANSA) – Com mais de R$ 22 milhões arrecadados, a renda da partida desta sexta-feira (14) entre Brasil e Bolívia, no estádio do Morumbi, em São Paulo, pela Copa América, foi a maior renda já divulgada da história do futebol do país.

O duelo de abertura do torneio contou com 46.342 pagantes e o valor divulgado superou a partida entre Brasil e Chile (R$ 15,1 milhões), pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo do de 2018, na Rússia. Todo o valor arrecadado na partida será do Comitê Organizador Local da Copa América.

Apesar do recorde quebrado e o hino cantado à capela, a torcida não empolgou durante os 90 minutos e até vaiou os atletas brasileiros no intervalo. No final, o Brasil goleou a Bolívia, por 3 a 0, e estreou vencendo na 46ª edição da Copa América.

Sobre as vaias que a seleção brasileira sofreu, o técnico Tite afirmou, na coletiva de imprensa, que os jogadores, principalmente os mais jovens, “sentiram” o protesto dos torcedores.

“O jovem sente, o técnico sente. No intervalo, eu até cobrei. Eu pedi um nível de concentração alto, porque tem que passar por isso, tem que vencer essa adversidade”.

Já o atacante Philippe Coutinho, autor de dois dos três gols da vitória brasileira, disse em entrevista ao “SporTV” que as vaias “fazem parte”.

“A torcida quer que a gente ganhe, que jogue bem e por isso é uma cobrança deles. A gente quer sempre o apoio, mas aqui no campo a gente se blinda. O importante é só o jogo”, disse o atleta.

A seleção brasileira voltará a campo nesta terça-feira (18), diante da Venezuela, em Salvador.

Outros artigos